Em situações parecidas, Vitória e Sport se enfrentam pelo Brasileirão 2014
Foto: Divulgação/EC Vitória

Vivendo momentos praticamente iguais, Vitória e Sport se enfrentam no Joia da Princesa, em Feira de Santana, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Ambas as equipes estão em uma situação desconfortável na tabela; enquanto o Leão da Ilha é o 16º colocado com sete pontos conquistados, o rubro-negro baiano é o primeiro time da zona de rebaixamento e não vence uma partida sequer a quase um mês; a última foi contra o Fluminense, no Maracanã, por 2 a 1.

Para a o confronto, o treinador Jorginho terá as baixas de Neto Coruja, lesionado, e José Welison, que foi convocado pela Seleção Brasileira sub-20 para disputa da Panda-Cup, torneio que será realizado na China. O time não deve ter muitas modificações com relação a equipe que empatou com o Goiás na quarta-feira (28).

Preparação com bastante conversa no Barradão 

Sem tempo para treinar, Jorginho comandou um trabalho tático para ajustar o posicionamento dos atletas dentro de campo. O treinador também usou de uma conversa de 30 minutos para orientá-los. Após isso, o comandante rubro-negro separou um grupo de 14 jogadores e voltou a ter uma longa conversa.

Mesmo debaixo de muita chuva, Jorginho fez alguns testes e chegou a colocar Souza e Dinei juntos, além de optar por Rodrigo Defendi na vaga de Hugo e adiantar Luiz Gustavo para a posição de volante, buscando dar um pouco mais de consistência no sistema defensivo do Leão.

Em entrevista coletiva, Jorginho afirmou que tem algumas dúvidas em relação ao time que deve ir a campo, mas fez mistério sobre a escalação: "Temos a opção de manter o time que jogou contra o Goiás ou mudar com a entrada de um dos garotos no meio, adiantar o Luiz Gustavo e entrar com o Defendi. Podemos ficar com três mais leves na frente. Não defini o time, mas não deve fugir muito" disse.

"Faço o que é melhor dentro das circunstâncias" Criticado pela torcida, Hugo parece ter ganhado a confiança do seu treinador. Elogiado pelo mesmo na partida contra o Goiás, o experiente meia deve ser titular no confronto contra o Sport:

"Quantas bolas o Hugo tirou de cabeça nos escanteios do último jogo? Todas. Imagina se não tenho ele no jogo, ia perguntar motivo por não ter cara alto. Se amanhã eu entro só com baixinho, vão perguntar por que só entrei com anão. Faço o que é melhor dentro das circunstâncias. Não gosto de mudar toda hora, gosto de um time que sabe jogar futebol. Só deixando junto é que acontece. Na conversa deu uma melhorada no nível, vamos torcer que continue assim" concluiu.

Um dos recém-contradados pelo Vitória, Josa foi titular nas duas últimas partidas sob o comando de Jorginho; dois empates contra Botafogo e Goiás, respectivamente. Em entrevista coletiva, o volante afirmou que espera o triunfo contra o Sport para escapar das últimas colocações do Brasileirão: "Lá em Feira de Santana só a vitória nos interessa, precisamos vencer pra sair dessa situação incômoda que é a zona de rebaixamento" salientou.

Sport conta com desfalques e retornos importantes

Do lado pernambucano, o treinador Eduardo Baptista não terá a disposição o lateral-direito Patric e o atacante Leonardo, que foram vetados pelo departamento médico devido ao desgaste muscular. Contudo, o Sport conta com retornos importantes como o zagueiro Durval e o atacante Neto Baiano, que cumpriram suspensão automática e foram relacionados para o confronto contra o Vitória.

Nesta sexta-feira, Eduardo comandou uma palestra com os atletas e fez um treino regenerativo na Ilha do Retiro. Após isso, o treinador concedeu uma entrevista onde lamentou os desfalques e comentou sobre o irregular gramado do Estádio Joia da Princesa, palco da partida.

"Vou ter que esperar pelo departamento médico para definir o time. Além de Patric e Leonardo, temos mais três ou quatro jogadores com desgaste muscular; [Jogar no Joia da Princesa] é um fator que vai atrapalhar tanto o Sport como o Vitória. Não vejo vantagem para nenhuma equipe ter que jogar lá. Vi outros jogos lá e o gramado não é bom" analisou.

Eduardo também fez mistério quanto a escalação da equipe que deve ir à campo: "Eu tinha um pensamento hoje aqui e precisei mudar tudo. Além dos dois cortados, ainda temos três, quator atletas com um nível de desgaste grande pelo último jogo intenso. O esquema tático vou manter o mesmo, mas as peças vou esperar um pouco mais" concluiu.

Neto Baiano, que já vestiu a camisa do Vitória de 2009 a 2012, enfrentará o seu ex-clube, onde fez história como maior artilheiro do Barradão. Voltando de suspensão automática, o atacante do Sport espera fazer uma boa partida contra o Leão da Barra: "A gente está brigando pra fazer um grande campeonato e vamos lutar para vencer os dois próximos jogos antes da Copa. Vai ser um jogo difícil, mas temos uma boa equipe para sair de lá com um resultado positivo" disse.

Artilheiro do Sport na atual temporada com 15 gols, Neto está a cinco partidas sem balançar as redes. Otimista, o atacante afirmou que espera por um fim nesse jejum contra o Vitória"Esse jejum está me incomodando demais. É difícil principalmente porque estava sempre fazendo gols. Mas sou um cara tranquilo e rodado no futebol e sei que isso é só uma fase. Sei que uma hora vou chutar a bola do meio de campo e ela vai entrar. Espero superar isso já no jogo contra o Vitória." 

O atacante elogiou o Vitória e recordou-se dos bons momentos vividos no clube, mas afirmou que está concentrado na partida e espera marcar um gol sobre o seu ex-time: "Enfrentar o Vitória será sempre especial, é um clube e uma instituição que eu respeito muito. Lá fiz amigos pessoais, do presidente a tia que lava a roupa. Mas hoje estou no Sport e sábado quero vencer, e com um gol meu" concluiu, confiante.

Vitória e Sport se enfrentam neste sábado às 21h, pela nona rodada do Brasileirão 2014. Será a última partida do rubro-negro baiano antes da pausa para a Copa do Mundo. Já o Sport ainda enfrenta o Bahia na próxima quarta-feira (04), em jogo adiado da quinta rodada devido a greve da PM em Pernambuco.

VAVEL Logo