Edílson marca no fim, e Botafogo e Corinthians empatam na Arena
Foto: Divulgação/Botafogo

Na tarde deste domingo (01), o Corinthians continuou sem a sua primeira vitória na sua nova casa, a Arena Corinthians. Com gol de Jadson, que marcou o gol do Timão e colocou o seu nome na história do estádio por ser o primeiro jogador corinthiano a marcar um gol em uma partida oficial, o time paulista empatou em 1 a 1 com o Botafogo. Edílson, no final da partida, marcou o gol dos cariocas.

Com o empate, o time do Parque São Jorge alcançou os 16 pontos e está na terceira posição, com três pontos a menos que o líder Cruzeiro, que está com 19. O Botafogo, por sua vez, caiu uma posição na tabela e agora ocupa a 14ª posição, com nove pontos ganhos.

Na próxima rodada, após a parada da Copa do Mundo, o Timão enfrentará o Internacional, em casa. Enquanto o alvinegro carioca viajará a Recife, para encarar o Sport, na Ilha do Retiro.

Início de jogo trucado; primeiro tempo equilibrado

A partida começou bastante trucada. Com dívidas fortes de ambos os lados. Tanto que o atacante Ferreyra, do Botafogo, recebeu o cartão amarelo logo aos três minutos de jogo, por falta dura em cima de Ralf. Após os 10 minutos de partida truncada, finalmente tivemos futebol na Arena Corinthians. O Timão tentava pressionar o alvinegro carioca, mas esbarrava na forte marcação exercida pelos volantes e pela zaga do glorioso. Com 22 minutos, o Botafogo chegou pela primeira vez com perigo. Wallyson cruzou da esquerda e Ferreyra cabeceou no cantinho, obrigando o goleiro corinthiano a fazer uma boa defesa. O Corinthians respondeu um minuto depois, aos 23. Jadson recebeu de Fágner, cortou a marcação de Bolatti e colocou no canto direito de Renan, abrindo o placar e colocando o seu nome na história da Arena. 

Após sofrer o gol, o Botafogo continuou jogando bem. Tocando a bola, com calma, mas errava na hora do último passe. A partida era bastante equilibrada, mas quem criava as melhores chances era o time do Parque São Jorge. Aos 33 minutos, quase que o Timão aumentou a sua vantagem. Após um cruzamento forte da equerda, Renan espalmou pro meio da área, mas Bruno Henrique se enrolou com a bola e não conseguiu empurrá-la para o fundo das redes. A partir daí, o Corinthians começou a pressionar o Botafogo, que não conseguia sair da pressão imprimida pelo time paulista. No finalzinho do primeiro tempo, com 42 minutos, novamente com Bruno Henrique, o Timão não fez o seu segundo gol por pouco. O volante corinthiano recebeu na entrada área e soltou uma bomba, Renan salvou o Botafogo. O alvinegro carioca até tentava chegar na área da equipe paulista, mas os seus meias Aírton, Bolatti e Edílson não conseguiam produzir nada.

Corinthians explora os contra-ataques, perde chances e sofre o empate no final

Na volta para a segundo etapa, Vagner Mancini mexeu. Tirou Lucas e colocou o meia Daniel, para dar mais  velocidade ao meio campo alvinegro, que foi muito lento no primeiro tempo. O Botafogo voltou disposto a pressionar o Corinthians e empatar a partida. No entanto, quem marcava forte desta vez, era o Timão. Os cariocas não conseguiam furar o bloqueio paulista. Mas, ao nove minutos, Wallyson conseguiu. Ganhou de Fagner e bateu forte no cantinho, Walter fez boa defesa. O Corinthians respondeu logo em seguida, aos 14. Guerrero tocou para Petros, que bateu forte e Renan espalmou. Com 18 minutos, Guerrero puxou contra-ataque, entrou na área e cruzou para Jadson, mas Aírton conseguiu cortar.

A partir daí, o Corinthians abdicou de atacar e chamou o Botafogo para o seu campo de defesa. O alvinegro começou a pressionar. Mano menezes colocou Luciano no lugar de Romarinho para tentar a voltar a ter os contra-ataques, mas não obteve êxito. Aos 32, o Botafogo quase empatou a partida. Ferreyra desviou para Daniel, que dominou e bateu pro gol, mas a bola saiu fraca e Walter encaixou sem dificuldades. Com 37 minutos, o Corinthians começou a tocar bola, esperando o apito final. Mas o castigo veio aos 41 minutos. Edílson fez boa jogada, e bateu forte pro gol, no cantinho de Walter, empatando a partida. Após sofrer o gol de empate, o Timão partiu pra cima do alvinegro, em busca do segundo gol, mas sem sucesso. O Botafogo ainda teve um contra-ataque, mas desperdiçou. Logo depois, glorioso tocou a bola e esperou o árbitro encerrar a partida. 

VAVEL Logo