Em alta antes da Copa, Muricy comemora bom momento do São Paulo
Foto: Leandro Martins/Futura Press

Pela 9° rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo recebeu o time do Atlético-MG no estádio do Morumbi, neste sábado (31). O objetivo tricolor era encerrar o Brasileirão com uma situação confortável no campeonato. A vitória contra os mineiros trouxe o Tricolor paulista para o G-4. Com gols de Luis Fabiano e Pabón, o São Paulo derrotou os mineiros, com direito a frango do goleiro atleticano Giovanni. Satisfeito por alcançar o objetivo antes da parada da Copa, o técnico Muricy Ramalho comentou sobre a vitória em casa contra o Galo.

"O resultado foi muito importante para um time que ainda está em formação. O que precisa ser elogiado é que esse time está brigando muito mais do que no ano passado. Pode ainda não ser um time formado, mas não está faltando luta. Temos o melhor ataque, mas precisamos melhorar atrás porque estamos tomando muitos gols. Quando falo isso, é o time todo e não apenas a defesa", comentou o técnico são-paulino.

Sobre o jogo, Muricy deu ênfase no importante resultado. Fechando o Brasileiro em situação confortável, o São Paulo tem 16 pontos e é provisoriamente o vice-lider do campeonato.

"Falei que hoje seria importante marcar pressão, e fizemos isso no primeiro tempo. No segundo tempo, quando o jogo estava controlado, apesar da maior posse de bola do Atlético-MG, bobeamos e eles empataram. Mas não desistimos e, no lance final, o goleiro deles foi infeliz. A vitória foi muito importante porque atingimos o nosso primeiro objetivo que era estar entre os primeiros. Agora, vamos trabalhar duro na pré-temporada, e o torcedor pode ter certeza de que essa equipe voltará muito forte.", ressaltou o treinador.

O técnico tricolor ainda ressaltou os erros da equipe no jogo deste sábado. Confiante, Muricy disse que para vencer, é preciso arriscar. 

"Erramos porque estamos porque corremos riscos. Nossos volantes sobem, os laterais atacam. No futebol não é legal fazer gols? Escolhemos isso. Se ficamos na defesa, todo mundo reclama. Corremos riscos porque buscamos a vitória. Mas é claro que, para brigar pelo título, precisamos melhorar o desempenho defensivo.", afirmou Muricy.

Encerrando o assunto sobre o elenco, o técnico Muricy comentou sobre a situação de Pábon, que entrou no segundo tempo e deu a vitória ao Tricolor paulista.

"É um jogador que foi contratado e não é barato, ganha bem, de nível internacional. Ele começou bem e depois oscilou. É preciso ressaltar o caráter dele. É um atleta que possui mercado grande. Vamos sentar, conversar com tranquilidade e ver o que é melhor para todas as partes. Sabemos da ansiedade que ele estava para marcar um gol. Felizmente saiu.", comemorou o técnico.

Satisfeito com o bom rendimento do time no campeonato, Muricy fecha o ciclo antes da parada para a Copa. O objetivo do time paulista era encerrar essa fase do Brasileiro com folga. Sobre o descanso do time nessa temporada da Copa, Muricy comentou que não vai ter folga para ele, mas para os jogadores, sim.

"Os jogadores vão parar, eu não. Vamos sentar com a diretoria, temos muitos assuntos pendentes. Precisamos estar atentos a tudo.", lembrou o comandante.

Após a vitória, o elenco tricolor descansa 13 dias. Depois, se reapresenta para um período de treinos, com amistoso, em Orlando, nos Estados Unidos. Na volta do Campeonato Brasileiro, ainda no primeiro turno, o São Paulo enfrenta o Bahia, jogo fora de casa, no estádio Arena Fonte Nova, pela 10ª rodada do Brasileirão, no dia 16 de julho.

VAVEL Logo