Após revés, Jorginho pede mais foco do Vitória em busca pela recuperação
Técnico ainda busca sua prima vitória do comando do Leão (Foto: Divulgação/Vitória)

Sem nenhum triunfo desde que assumiu o comando do Vitória, o técnico Jorginho afirmou que o time rubro-negro precisa de mais frieza para ter sucesso na sua busca por recuperação na tabela do Campeonato Brasileiro. O treinador ressaltou que os jogadores do Leão não devem perder a cabeça durante as partidas, pois isso pode ser extremamente prejudicial ao clube:

"O momento do vitória é ruim. Mas todo momento passa na vida. Tem que lutar. Se ficar na inércia não adianta. Tem que lutar muito, se dedicar. Saber o momento de esfriar a cabeça. Não é fácil. Fico triste pela torcida, que não merece nada disso. Encontro o pessoal da diretoria todo dia. Estava com o vice-presidente Epifânio [Carneiro] ontem. Temos conversado sempre para que possamos ver o que podemos fazer em benefício do Vitória. Não podemos perder a cabeça nesses momentos. Tem que ser frio e calculista para trabalhar e retornar ao topo", afirmou.

Jorginho também pediu mais união por parte do elenco do Leão. O comandante acredita que desta forma os jogadores iram conseguir enfrentar a crise vivida pela equipe. "Quando conseguir a primeira vitória, o time vai embora. Consegue a segunda, pega confiança, o que não é fácil. Confiança só se consegue com trabalho. Todos os atletas tem que se agarrar, se juntar. É como tentar pegar um monte de palito e quebrar. Fica mais difícil do que quebrar um ou dois palitos", disse.

O técnico afirmou que o apoio da torcida do Vitória será muito importante durante essa má fase. Segundo Jorginho, a torcida rubro-negra não vem jogando junto com o time nas últimas rodadas. "Se os jogadores entenderem que a torcida não está do lado, vão ficar mais fracos. Entendo a magoa, mas é nessa hora que eles podem contribuir para mudar o resultado", comentou.

Dinei, atacante do Vitória, afirmou que o time baiano sofreu bastante com a falta de sorte durante a partida contra o Sport. O jogador ressaltou as oportunidades criadas pelo Leão, porém lamentou o fato do time não ter conseguido balançar as redes do adversário. "Faltou um pouco de sorte. Tentamos e tivemos algumas oportunidades, mas a bola não entrou. Agora, é continuar trabalhando", disse.

O zagueiro Alemão também concedeu entrevista coletiva. O defensor comentou que o Vitória precisa aproveitar bastante a pausa para a Copa do Mundo, pois segundo o atacante, o Leão necessita trabalhar bastante para corrigir diversos erros. "A gente lutou os 90 minutos da partida. Tivemos chance de fazer o gol. Eu mesmo perdi um gol. Agora é reunir forças, juntar esse grupo na parada para a Copa, ver se melhora o que estamos errando e voltar mais forte", afirmou.

Com essa derrota por um 1 a 0 para o Sport, o Vitória permanece na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com a pausa para a Copa do Mundo, o Leão volta a campo no dia 16 de julho, quando enfrentará o Cruzeiro, em Minas Gerais.

VAVEL Logo