Wallim Vasconcelos não é mais o vice de futebol do Flamengo
Wallim Vasconcelos deixa o cargo após um ano e meio (Foto: Divulgação/Flamengo)

As turubulências no Flamengo não são só dentro de campo. Neste domingo (1), após a derrota de 3 a 0 para o Cruzeiro, no último jogo do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa do Mundo, o vice-presidente de futebol do time carioca, Wallim Vasconcelos, tomou a decisão de entregar o cargo.

No clube desde o início de 2013, quando assumiu a função de vice de futebol juntamente com o presidente Eduardo Bandeira de Mello, Wallim Vasconcelos afirmou que poderia ter saído no fim do ano passado, mas o presidente pediu que ele ficasse até o meio de 2014. Foi cogitada também a possibilidade de Wallim ser demitido juntamente com Paulo Pelaipe e Jayme de Almeida, o que acabou não acontecendo.

"Essa é uma decisão que já estava tomada desde o final do ano passado. Ele pediu que eu esperasse até a parada para a Copa para procurar um novo vice-presidente de futebol. Ele está na Europa, e comuniquei que o nosso trato estava resolvido. Como ele não conseguiu ninguém, ele vai acumular a função durante um tempo", afirmou Wallim, agora ex-dirigente do Flamengo.

Com a saída de Wallim, o presidente Bandeira de Mello acumulará também a função de vice de futebol até que um substituto seja escolhido. Felipe Ximenes, recém-contratado para a função de diretor executivo do Flamengo, terá plenos poderes para fazer uma reformulação no futebol do clube, juntamente com o treinador Ney Franco.

VAVEL Logo