Santos vence Criciúma e segue em reação no Brasileirão
Foto: Ricardo Saibun/Santos FC

Com a tradição de formar bons jogadores para o futebol, o Santos segue dando oportunidade aos mais jovens. Com gols de Gabriel e Diego Cardoso, o Peixe bateu o Criciúma por 2 a 0 jogando no estádio Primeiro de Maio, em Sãio Bernardo do Campo, neste domingo (01), valendo pela nona rodada do Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Santos acumula a segunda vitória seguida no Campeonato Brasileiro e sobe para a nona colocação com 14 pontos. O Criciúma despencou três posições e agora é o 13º somando 11.

O Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo no Brasil e retorna apenas no mês de julho. No dia 16, o Santos e faz o clássico contra o Palmeiras, como mandante. O Criciúma, que não teve que ceder seu estádio para o Mundial, vai receber o Fluminense. Os jogos não tem horário definido.

Os garotos brilham

Seguindo sem poder contar com muitos jogadores titulares entregues ao departamento médico, o tecnico Osvaldo de Oliveira novamente não pôde repetir a mesma formação da partida anterior. Coube ao treinador requisitar os garotos da base santista e os mesmos não fizeram feio.

Dos jogadores considerados titulares, apenas Aranha, Cicinho, Arouca, Lucas Lima e Gabriel. O Santos começou a partida com um rítmo bastante veloz e contava sempre com a jogadas em velocidade do garoto Diego Carodoso pela esquerda. Gabigol, natural de São Bernardo do Campo, na fez feio em sua terra natal e anotou o primeiro gol do Santos logo aos 10 minutos, após jogada que começou com o volante Arouca roubando a bola no meio de campo.

O Criciúma não conseguia executar suas melhores jogadas e era presa fácil a marcação santista e também ao ímpeto dos jovens jogadores que integravam a equipe titular do Santos. O segundo gol foi um repeteco do primeiro. Arouca rouba a bola no meio-campo, só que dessa vez, o lançado foi outro garoto: Diego Cardoso, que subiu para os profissionais nesta temporada, conferiu o segundo tento do Peixe.

No decorrer do primeiro tempo, o Santos seguia mantendo o bom rítmo jogo, criando novas jogadas de ataque, mas sem repetir o ímpeto dos primeiros minutos de partida. O Criciúma tentava chegar ao ataque, mas continuava sem mostrar qualidade para mudar a história do jogo.

Santos administra o resultado

No segundo tempo, o Santos colocou um freio em suas investidas ofensivas e passou à administrar a partida. Por outro lado, o Criciúma, mais acertado dentro de campo, partiu para o ataque visando reagir na partida. Nesta história, o goleiro Aranha apareceu bastante e impediu que o Peixe levasse gols. O meia Paulo Baier, cérebro do tigre, não aparentava estar em um bom momento e pouco pôde contribuir.

O Peixe voltou ao jogo nos minutos finais da partida e levava perigo nas oportunidades em que furava a defesa do Criciúma. A melhor delas foi aos 43 minutos, após falta de Zé Carlos, o goleiro Luiz trabalhou colocando a bola pela linha de fundo. No escanteio, o zagueiro David Braz quase finalizou e perdeu a chance de dar números finais ao jogo.

Com a vitória, o Santos abre uma brecha para um futuro mais positivo dentro do Campeonato Brasileiro, principalmente, contando com o retorno de jogadores importantes que seguem foram do time. São eles: Edu Dracena, Gustavo Henrique, Emerson, Leandro Damião, Thiago Ribeiro e Stéfano Yuri e Rildo no departamento médico. Mena, na Seleção Chilena, e Alison na Seleção Brasileira Sub-21.

VAVEL Logo