Após vaias, Neymar pede paciência a torcida e admite falta de ritmo
Neymar marcou o primeiro gol da goleada brasileira, por 4 a 0, diante do Panamá (Rafael Ribeiro / CBF)

Principal jogador da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo, Neymar, no amistoso desta terça-feira (03), contra o Panamá abriu o placar com um belo gol de falta aos 27 minutos da primeira etapa. Além disso, o atacante brasileiro fez outras jogadas de efeito que agradaram os mais de 31 mil torcedores presentes no estádio Serra Dourada, em Goiânia. 

Apesar disso, antes do primeiro gol do Brasil já era possível ouvir algumas vaias da torcida. Como justificava, Neymar falou que a equipe precisou se adaptar ao gramado do Serra Dourada, que tem dimensões maiores do que a usada nos estádios da Copa do Mundo. O atacante, também, pediu um pouco de calma a torcida. 

“Eu queria até pedir um pouco mais de paciência para a nossa torcida. Nós tomamos uma vaiazinha no começo da partida, porque começamos meio devagar pois não estávamos acostumado com esse tipo de campo. No entanto, com o passar do tempo fomos pegando o ritmo e nos acostumando”, explicou.

Neymar também revelou um cansaço perto do final da partida. De acordo com o atacante, ele ainda não está 100% e precisará de uma melhor forma física, que deve ser adquirida até o dia 12 de junho, data da estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, contra a Croácia, no Itaquerão, em São Paulo. 

“Eu ainda não estou pronto. Falta um pouco de ritmo e, com isso, cansei no final da partida. Mas estamos treinando e buscando uma melhor forma. Daqui para a estreia na Copa do Mundo faltam nove dias e aos poucos vamos chegar a forma física ideal”, revelou. 

VAVEL Logo