Sidney Moraes lamenta início "devagar" do Náutico diante do ABC
O treinador também prometeu que o Náutico será competitivo e brigará, de fato, pelo acesso à Série A (Foto: Divulgação/Náutico)

Foram dois tempos distintos. O primeiro teve domínio do ABC. Já no segundo, o Náutico conseguiu se sobressair. Na visão do técnico alvirrubro Sidney Moraes, o Timbu pagou o preço por ter entrado em campo disperso e ter saído atrás no placar. "Entramos um pouco devagar. Eles foram com tudo para fazer o gol no começo do jogo e conseguiram. Depois, conseguimos equilibrar as ações e chegarmos ao empate", afirmou o treinador.

No duelo disputado no Iberezão, em Santa Cruz-RN, o técnico promoveu a estreia de Tadeu, que começou a treinar com o grupo na última segunda-feira (2). O empate, que veio aos 16 minutos do segundo tempo com o gol de Paulinho, foi visto com bons olhos pelo comandante.

"Coloquei Tadeu para que pudéssemos ter uma referência. Fomos muito acima no segundo tempo e, por pouco, não vencemos. A gente sabe que a Série B é competitiva e pontuar é sempre importante. Quando é fora de casa, com um adversário que já joga bem há um tempo, é mais relevante ainda", comentou Sidney.

O Náutico, assim como todos os clubes da Série B, vai parar por conta da Copa do Mundo. O treinador avaliou seu início de período à frente do Alvirrubro da Rosa e Silva como positivo: foram cinco jogos, com duas vitórias, duas derrotas e um empate.

"Acho que o grupo entendeu a minha filosofia. Tive pouco tempo para treinar essa equipe . Aquela parada do jogo contra o Vasco, que acabou sendo adiado, ajudou. Tive mais tempo de trabalhar a equioe. Acho que jogamos todos os jogos bem. O saldo é positivo também pelo pouco tempo de trabalho", pontuou o técnico.

Sidney Moraes também evitou falar sobre o número de atletas que podem chegar ao Timbu após o Mundial, mas diz que espera contar com pelo menos dois jogadores para cada posição. "Quero ter dois jogadores por posição. Jogadores que conheçam a Série B. Nas circunstâncias que estamos passando, a perda de um jogador pode custar muito caro", enfatizou.

Na inter-temporada, o ténico já planeja fazer alguns amistosos. Datas e adversários ainda não estão definidos. Isto também estará em pauta nas reuniões. "Vamos fazer amistosos porque é importantíssimo que a gente continue em ritmo de jogo. Claro que eu estou pensando nisso, mas ainda não definimos nada", garantiu Sidney.

"Eu prometo um time competitivo. Em todos os lugares onde passei, os times tiveram essa entrega em campo. E já parabenizo os jogadores pelo que fizeram até hoje", finalizou.

VAVEL Logo