Lateral Renê afirma: "Não deixarei meu futebol cair"
O jovem lateral não ficou de fora de nenhum jogo do Sport na Série A do Campeonato Brasileiro (Foto: Divulgação/Sport)

O primeiro semestre de 2014 foi inesquecível para o lateral-esquerdo Renê. De pouco utilizado nos anos anteriores e quase dispensado diversas vezes, o jovem formado nas categorias de base do clube passou a ser peça chave no time rubro-negro, desde que Eduardo Baptista assumiu a equipe, no início do ano.

Juntamente com Magrão e Rithely, ele não ficou de fora de nenhum jogo na Série A e manteve o bom rendimento em campo. Tirando qualquer dúvida sobre quem ainda não acreditava no seu futebol. "Eu não tenho nem o que falar do primeiro semestre. Dois títulos, e o mais importante: a minha regularidade. Não deixei meu futebol cair. Procurei sempre manter a regularidade e graças a Deus consegui. Espero que tudo continue dando certo na minha vida", afirmou o lateral.

"Foi tudo muito positivo para mim e para o Sport. A gente está há dois pontos do vice-líder. Todos os objetivos foram alcançados. Agora é descansar bastante nessa parada para voltar ainda mais forte após a Copa do Mundo e fazer uma bela campanha no Brasileirão", acrescentou o jovem jogador.

Com apenas 21 anos, Renê não esquece as suas origens. As dificuldades para ele chegar até aqui segundo ele, foram muitas. E o lateral não deixou de agradecer a todos que contribuíram para o seu sucesso. "Sempre que posso agradeço a João Maradona. Foi ele que me trouxe e segurou a barra pra mim durante todo esse tempo. Nada veio fácil para mim. Contei com o apoio de Tacão e Guilherme [preparadores físicos], que diziam para eu não abaixar a cabeça que minha hora iria chegar. Sou muito grato ao técnico Eduardo Baptista e minha família, que sempre me deram força", finalizou Renê.

VAVEL Logo