Fred celebra fim de jejum e admite incômodo com a falta de gols

Os dois primeiros jogos de Fred na Copa do Mundo foram ruins. Contra a Croácia, na estreia, apareceu somente ao sofrer pênalti polêmico na segunda etapa, já diante do México, foi tido como um dos culpados pelo ataque em branco. Nesta segunda (23), em Brasília, o atacante fez o terceiro do Brasil contra Camarões, o seu primeiro na Copa.

Para o camisa 9 brasileiro, o novo bigode foi um dos responsáveis pelo gol, que aliviou a pressão sobre seu rendimento. Graças a Deus saiu esse gol. A carga de críticas estava pesada em cima de mim e procurei manter a tranquilidade. O grupo foi maravilhoso comigo, tenho que agradecer a todo mundo. Por incrível que pareça, no gol, a bola acabou batendo no meu bigode. Gol de bigode, disse.

Não vou tirar (o bigode), vamos até o fim agora (risos), brincou o atacante, feliz por enfim ter marcado seu primeiro gol na Copa do Mundo. Fred lembrou da situação parecida que viveu na Copa das Confederações, mas disse estar preocupado mesmo não apenas com a falta de gols, mas com as atuações irregulares da Seleção Brasileira.

Comecei assim a Copa das Confederações e sabia que poderia encontrar alguma dificuldade, algum jejum, e trabalhei meu lado psicológico com muita tranquilidade. O que vinha me incomodando não era a falta de gol, mas que a equipe não vinha jogando tão bem, como jogou hoje, agressiva. Houve uma evolução da equipe inteira, afirmou.

Fred e o Brasil voltam a campo no próximo sábado, contra o Chile, segundo colocado do Grupo B, em Belo Horizonte. A partida ocorre às 13h e abre a fase de oitavas de final da Copa.

VAVEL Logo