Suspenso, Luiz Gustavo explica falta: "Não tem como pensar duas vezes"
Luiz Gustavo levou segundo cartão amarelo e está fora das quartas de final (Foto: Divulgação/Fifa)

Em meio a toda a comemoração pela classificação do Brasil pelas quartas de final da Copa do Mundo, um jogador tem muito a lamentar. O volante Luiz Gustavo levou o segundo cartão amarelo - já havia sido advertido contra Camarões - e estará suspenso na próxima partida.

Na zona mista do Mineirão, Luiz Gustavo explicou a falta que ocasionou a advertência: "é difícil porque na minha posição não tem como pensar duas vezes. É fazer o que vem na cabeça. Infelizmente eu fiz a falta e vou ficar de fora, mas pude ajudar meus companheiros a dar mais esse passo. Isso que me deixa feliz, o grupo é bom e quem entrar vai fazer um bom trabalho".

O volante ainda aproveitou para elogiar muito a equipe do Chile. Antes do jogo, ele já dizia que, se passassem pelo Brasil, os chilenos provavelmente estariam no Maracanã na final do Mundial. Mantendo a opinião, ele declarou: "É uma equipe muito boa, que mesmo com o calor que fazia hoje conseguiu se superar, assim como nós. É uma equipe que sabe jogar, que tem grandes jogadores. Um time que valorizou nosso trabalho, sem dúvida uma equipe muito qualificada", resumiu.

Durante a disputa por pênaltis, o jogador se recolheu em um canto e, sozinho, chorou e rezou antes e depois de comemorar a vitória. O ato também foi explicado pelo próprio Luiz Gustavo: "hoje de certa forma eu voltei a ser criança. Lembrei que não é só o Luiz Gustavo ou 23 jogadores da Seleção Brasileira. É um país, uma nação inteira que poderia estar chorando de tristeza, mas graças a Deus está chorando de alegria. Ali foi um momento de fé, íntimo, que eu costumo fazer na minha vida pessoal. Um momento maravilhoso, que com certeza vai ficar marcado na minha carreira", concluiu.

VAVEL Logo