Em amistoso, Santa Cruz empata com Timbaúba e Sérgio Guedes minimiza resultado
Santa Cruz e Timbaúba se enfrentaram neste domingo (06), no estádio Agamenon Magalhães, em Goiana-PE (Foto: Jamil Gomes/Santa Cruz)

O Santa Cruz segue se preparando para voltar à Série B do Campeonato Brasileiro com a mesma “pegada” dos últimos jogos antes da parada para a Copa do Mundo. Invicto na competição, o tricolor quer manter o ritmo de jogo e, neste domingo (06), fez um amistoso contra o Timbaúba, no estádio Agamenon Magalhães, em Goiana-PE. O duelo acabou ficando no 0 a 0, mas o técnico Sérgio Guedes garante que o mais importante foi colocar o espírito de competição na equipe e observar o grupo. 

Foi um amistoso que serviu, basicamente, para colocar o espírito de competição no grupo outra vez. Isso é muito bom, pois tivemos condições de observar todos os jogadores e eles estão assimilando bem o que nós estamos querendo. É uma série de conjuntos que permite você tirar várias conclusões”, explicou. 

Sérgio Guedes acredita que o Santa Cruz ainda está em um processo de transição, mas mostrou confiança na equipe Coral e, além disso, destacou que aconteceu uma entrega do time no amistoso deste domingo (06). Já com relação ao resultado da partida, Guedes falou que não tem relevância para a equipe, apesar das dimensões do clube tricolor. 

Mantenho meu perfil de conversa com eles, que é de confiança, porque acho que é um time capaz e, ainda, está em um processo de transição de categoria. Nesta partida, dentro do possível, houve realmente uma entrega. Com relação ao resultado, neste momento, não tem relevância para nós, embora para um clube da dimensão do Santa Cruz, sim, mas por conta de muitas circunstâncias, dentro de campo, fica impossível se fazer tudo aquilo que se trabalha”, pontuou.

Na partida, o Santa Cruz começou jogando com o time que vinha atuando na Série B do Campeonato Brasileiro, com exceção de Carlos Alberto, poupado por um problema no calcanhar esquerdo. Com isso, o time jogou com a seguinte formação: Tiago Cardoso; Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Danilo Pires e Wescley; Pingo e Léo Gamalho. 

Na segunda etapa, o técnico Ségio Guedes promoveu várias alterações na equipe. No setor ofensivo, Keno entrou na vaga de Wescley, Betinho assumiu o lugar de Danilo Pires, Léo Gamalho deixou o campo para a entrada de Emerson Santos. Já na parte defensiva, saíram Nininho, Renatinho, Renan Fonseca e Memo para as entradas de Tony, Zeca, Marllon e Bileu, respectivamente. 

O amistoso teve como principal destaque a expulsão do atacante Pingo, que recebeu vermelho após reclamar com o árbitro da partida por considerar que tinha acontecido uma penalidade em um lance anterior. Apesar de ter um jogador expulso, o Santa Cruz não ficou com um a menos em campo, pois Flávio Caça-Rato entrou no lugar de Pingo.

VAVEL Logo