Ronaldinho Gaúcho se despede do Atlético-MG: "A torcida do Galo para mim é eterna"
Ronaldinho foi homenageado com o Galo de Prata (Foto: Atlético-MG/Bruno Cantini)

Após dois anos de muitas conquistas, Ronaldinho Gaúcho deu sua última entrevista como jogador do Atlético-MG nesta quarta-feira (30). Em sua passagem pelo clube, R10 teve três títulos conquistados, o camisa 10 fez história no clube ao conquistar a Copa Libertadores, título inédito na história do Galo. O jogador concedeu uma coletiva de imprensa e tratou de vários assuntos. O craque afirma que o clube ficará marcado para sempre por ele.

A entrevista coletiva foi aberta por Alexandre Kalil, presidente do clube. O presidente fez questão de lembrar a chegada conturbada do jogador e a volta por cima. Ronaldinho também recebeu a premiação de Galo de Prata, premiação dada desde 1999 a torcedores ilustres as pessoas que engrandecem ou divulgam o nome do clube pelo pelo mundo.

"Boa tarde a todos. Eu achei muito importante que a gente fizesse esse tipo de despedida com o Ronaldinho. Há dois anos, um pouco atrás, sentado aqui nesse mesmo lugar, eu disse para o Brasil inteiro que queria saber quem era o Ronaldinho. Se era aquele do antigo clube ou se era o Ronaldo. Dois anos depois, sabemos quem é. Esse menino veio como um menino, nos fez muito felizes e trouxe, para nós atleticanos, uma valorização e uma geração de novos atleticanos."

"Ele já sabe, já falei, já conversei. E queria agora deixar para todo o Brasil. Tive o orgulho de presidir um dos maiores jogadores de todos os tempos do futebol mundial, que é o Ronaldinho Gaúcho. Passo agora para ele um Galo de Prata, para que guarde com todos os troféus que ele tem. A união ficará marcada para toda a história. Para o Galo, você é o Ronaldinho Mineiro. Ele cumpriu um ciclo. Sai feliz. Só deixou amigos aqui dentro, entre eles o presidente. Tenho certeza que sou amigo dele para sempre. Aquele menino que chegou chorando, hoje vai embora as gargalhadas falando para o Brasil inteiro que aqui é Galo", declarou o presidente atleticano.

Na placa do Galo de Patra, estava marcada a seguinte frase: “A união entre Atlético e Ronaldinho ficará eternamente marcada na História. Para o Galo, você agora é Ronaldinho Mineiro. Nossa Homenagem e Agradecimento”.

Ronaldinho ajudou o Atlético-MG em sua maior conquista (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Ronaldinho Gaúcho se mostrou emocionando durante a entrevista coletiva, o craque que marcou história no Atlético-MG agradeceu aos momentos e disse que é um "até logo". Outra coisa ressaltada por Ronaldinho Gaúcho é o fato de ser invicto no Estádio Independência, o craque atleticano não foi derrotado no estádio em sua passagem. Os números mostram o imbatível Atlético-MG com Ronaldinho no Horto: 40 partidas com 27 vitórias e 13 empates, marcando 14 gols.

"Para essa criançada, para a torcida do Galo, não é um adeus, é um até breve. Vou continuar vindo aqui, visitando meus amigos. Estou deixando muita gente aqui. A torcida do galo pra mim é eterna e vou com eles até um fim. É um até breve. Deu certo (a minha passagem). Foram títulos, alegrias. Poucos tem o privilégio de sair com vitória. Assim que quero sair. Um jogador que venceu, conquistou títulos e nunca perdeu dentro do Horto."

R10 também agradeceu ao povo mineiro, inclusive aos torcedores dos rivais local do Atlético-MG: "É maravilhoso sair em paz, com a cabeça tranquila. A saída de outros clubes brasileiros foi conturbada, e não é bom sair assim. Só tenho a agradecer o povo mineiro, sempre recebi muito respeito do torcedor do Cruzeiro, do América, e principalmente do Atlético. Saio daqui cheio de amigos, não só de atleticanos, de quem trabalha comigo. Fiz muitas amizades e saio daqui com a consciência tranquila Vou poder dizer que tenho uma segunda casa. O que fiz aqui, é minha segunda casa. Posso morar em qualquer lugar do mundo, mas aqui fiz minha segunda casa. Fiz muito e também devo muito pelo resto da vida."

Ronaldinho nega qualquer desavença com Levir Culpi, e acredita que o Atlético-MG pode continuar conquistando títulos pelo Brasil: "Pode conquistar tudo, pela qualidade dos jogadores que tem. Não só neste ano, como nos próximos. Para mim, fechou um ciclo e para eles continua. Não tive problema nenhum com Levir. Não tive tempo de conhecer. É um grande treinador que já provou isso. Desejo toda sorte do mundo. Mas o que levou a minha saída foi sair de cabeça erguida, como um jogador vitorioso."

Em entrevistas passadas, Ronaldinho revelou que Kalil tinha prometido uma estátua ao jogador caso ele conseguisse conquistar uma Libertadores pelo Atlético-MG, porém, o craque revela que não passou de uma brincadeira: "Nada. É uma brincadeira. Queria entrar para a história conquistando título. Isso foi brincadeira"

Ronaldinho tem sido muito especulado nos Estados Unidos. O jogador também revelou que não pretende se aposentar do futebol e espera continuar fazendo história pelo Mundo.

"Pretendo fazer história. Continuar fazendo minha história. É meu objetivo. Continuar, a partir da semana que vem, ver meu futuro. Deixei meu irmão pensando e eu descontraindo. A partir da semana que vem, a gente conversa sobre o futuro. Nem conversamos a respeito ainda. Mas sei que o telefone dele está tocando bastante", concluiu o jogador.

VAVEL Logo