Felipão brinca e mantém mistério sobre escalação do Grêmio para o Gre-Nal
Felipão fará a sua estreia no clássico de número 402 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Após o segundo treino fechado desta semana, na sexta-feira (8), Luiz Felipe Scolari segue a esconder a equipe gremista para o Gre-Nal 402, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador vai a campo para sua estreia nessa volta ao Grêmio.  Foi anunciado após a derrota para o Coritiba na Arena e já e acompanhou a partida contra o Vitória, em Salvador, sabendo dos problemas que precisa arrumar na representação portoalegrense. Uma vitória no clássico do próximo domingo (10) faz o Tricolor voltar a almejar a parte de cima da tabela, distanciada depois das duas derrotas nas últimas rodadas. Além disso, é a oportunidade de vencer no Beira-Rio modernizado, que ainda não recebeu o maior derby gaúcho.

Para escalar o Grêmio, a dúvida maior paira no meio-campo. Uma das preocupações do técnico é a anulação do colorado D'Alessandro, conforme organizou treino para conter os ataques do que o adversário tem de melhor. Uma das novidades nos últimos treinos foi Walace, volante promovido da base do clube. Riveros chegou a treinar, mas permanece em recuperação e aguarda reavalição sobre as dores musculares na coxa esquerda. Edinho, que deu forte entrevista sobre o Gre-Nal também é um dos cotados. Ramiro e Felipe Bastos correm por fora. Felipão aproveitou para analisar que tem condições de atuar com três volantes, mas que a escolha de dois ou três não está garantida para o jogo.

Na lateral-esquerda, Pará virou opção. O comandante frisou o papel do lateral pelo lado esquerdo em várias atuações nos tempos de Santos. Assim, a direita deve ficar por conta do argentino Matías Rodriguez. Para fechar a defesa, Werley e Geromel treinam para ver quem faz dupla com o já garantido Rhodolfo. Em entrevista, Felipão descartou a utilização de três zagueiros. "Descarto os três zagueiros. Ainda estou testando, jogar com três zagueiros exige muito treinamento", salientou.

Sobre os treinamentos fechados, Scolari brincou e disse que o mistério faz parte para os jornalistas, assim como Abel Braga protege sua escalação nos lados da avenida Padre Cacique. Porém, esclareceu os motivos que também o levam a fechar os portões durante as atividades em busca do time ideal para o fim de semana. "Vocês estão todos enganados. Não estou fechando o treino para que não mostre a equipe. Eu tenho quatro dias de Grêmio. Quando se treina em quatro ou cinco dias, precisamos ter um conhecimento mútuo, treinamentos em que eu possa falar com um jogador à vontade. São exigências que vou fazer a eles que vocês podem interpretar de outra forma", afirmou o técnico.

O clássico Gre-Nal de domingo (10) é o de número 402 entre os clubes. Atualmente, em situações opostas, o Grêmio é 11º colocado com 19 pontos. Já o Internacional é 3º colocado com 25 pontos. É mais uma oportunidade do duelo afirmar a boa fase, no caso a colorada e a má fase, no caso a gremista, ou inverter os climas entre torcedores após o apito final.

VAVEL Logo