Experientes, Edu Dracena e Robinho podem ser utilizados como capitães do Santos
Robinho foi emprestado pelo Milan até o meio de 2015 (Foto: Santos)

Treinador do Santos, Oswaldo de Oliveira se sobressaiu no ano passado, quando no Botafogo, por ter um bom aproveitamento de seu elenco jovem no time principal. Reimplantando a filosofia no atual clube e contando com a recuperação do zagueiro Edu Dracena e a contratação de Robinho, o comandante afirmou que isso não fará com que o restante do grupo perca espaço.

Oswaldo, inclusive, espera que seus dois jogadores mais experientes sirvam de referência para os meninos que estão buscando um espaço entre os profissionais. O técnico pretende ainda "dividir" a faixa de capitão entre o defensor, o atacante e o volante Arouca, atual dono da braçadeira.

"Passa pela minha cabeça a possibilidade de ele (Robinho) ser capitão, mas também temos outros jogadores. O Arouca veste bem a braçadeira, e o Dracena também. A participação deles é muito importante, mesmo que não estejam portando essa braçadeira", disse o selecionador.

"No Botafogo que eu comandei o Seedorf não era capitão, mas era líder. Acho que essa questão da liderança e da troca de informações é importante para que todos tenham condição de exercer a função de capitão", completou.

Emprestado ao Santos até o meio de 2015, o Rei das Pedaladas já treinou entre os titulares para jogar contra o Corinthians no clássico que vai ocorrer no domingo (10) às 16h, na Vila Belmiro. Após romper os ligamentos do joelho esquerdo, Dracena treinou durante a semana, mas não deverá atuar. 

"Tenho o Robinho, que vai jogar e o Dracena voltando a qualquer momento. São jogadores que vão enriquecer a equipe, dar tranquilidade, passar experiência pra os novos companheiros. Vou aguardar e à medida que forem acontecendo, e estreando, vamos avaliar e delegar poderes também", finalizou.

Santos e Corinthians irão se enfrentar no próximo domingo (10), às 16h, na Vila Belmiro. Para o duelo, os santistas poderão contar com a estreia do novo contratado, já regularizado no BID da CBF.

VAVEL Logo