Gareca desabafa após mais uma derrota do Palmeiras: "Também tenho meus limites"

O Palmeiras perdeu mais uma no Campeonato Brasileiro. No Pacaembu, neste domingo (17), o Verdão recebeu o São Paulo e acabou derrotado por 2 a 1, gols de Pato e Kardec para o clube do Morumbi e Henrique, para o time da casa. 

Após a derrota, Gareca deu fortes declarações. Logo no começo da entrevista, o comandante disse que cada vez tem menos crédito na equipe. 

"Acredito que tenho cada vez menos tempo. Penso isso. Cada vez tenho menos crédito. Por isso também falo dos meus limites como treinador. Tenho de ir para casa e pensar e o que é o melhor para o Palmeiras. Quero o melhor para mim e para o Palmeiras. Mas por agora tenho de estar tranquilo, sair de uma derrota e pensar no melhor para todos", declarou. 

Apesar do resultado negativo, o técnico palmeirense parabenizou os jogadores do Palmeiras, e disse que o caminho do time é jogar da maneira que jogou diante do São Paulo.

"A situação é difícil, mas tenho que parabenizar os jogadores pelo rendimento. O time fez de tudo para poder fazer um bom jogo. Poderia ter outro resultado, mas o resultado não foi bom. Acredito que o caminho do Palmeiras é jogar como hoje. Enfrentamos um grande time. Em três situações eles fizeram dois gols. Penso que o time tem de manter esse nível de futebol", disse Gareca. 

Fábio, goleiro do Palmeiras, falhou no primeiro gol do São Paulo, quando saiu jogando errado e deu a bola no pé de Ganso. Sobre isso, Gareca não crucificou o goleiro.

"Todos cometemos erros. Para mim não tem responsabilidade. A responsabilidade em primeiro lugar é minha, do comando técnico. Todos nós podemos sempre cometer erros. Não responsabilizo em absoluto o Fábio. Não tem nada a ver com o resultado. É uma nova derrota do comando técnico do Palmeiras e que não conseguimos reverter essa situação agora", falou. 

Gareca também comentou a falta de sorte do Verdão, dizendo que é necessário sorte no futebol. 

"No futebol, para você ter bons resultados, ganhar algo, tem de ter um pouco de sorte. A sorte tem que ajudar. Mas tem de ajudar estar focado, estar concentrado, tanto para fazer o gol quanto para evitar um gol. Sempre se precisa de uma dose de sorte no futebol", disse. 

"Tenho experiência nessa situação, mas também tenho limites. Por agora, não os analiso. Eu tenho limites também"

Para fechar, a declaração mais bombástica. Gareca disse que tem limites, fazendo muitos ficarem em dúvida se ele fica ou não no comando do Palmeiras. 

"Tenho experiência nessa situação, mas também tenho limites. Por agora, não os analiso. Eu tenho limites também. Seguramente a diretoria, a torcida e todos têm limites. Mas eu também tenho limites. Penso que com esse rendimento o Palmeiras pode ir melhorando, mas vou pensar bem este jogo. Por agora não penso em limites", finalizou. 

Após as declarações do treinador, sites da Argentina disseram que o comandante pediu demissão do comando do Palmeiras. No entanto, o clube não se pronunciou sobre o assunto. 

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira (20), diante do Sport, na Ilha do Retiro, às 19h30. 

VAVEL Logo