Após cinco meses, Leandro Damião desencanta e agradece equipe médica do Santos
Damião fez seu sexto gol com a camisa do Santos na noite da ultima quarta-feira (20) (Foto: Ivan Sorti / Divulgação Santos FC)

A fase do time não era boa. Derrota nas ultimas três partidas, cinco gols sofridos e nenhum feito. Porém o gol de Leandro Damião na vitória do Santos por 2 a 0 contra o Atletico-PR, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, na noite desta quarta-feira (20), na Vila Belmiro, pode ser capaz de mudar os ares não apenas do atacante, mas de todo o elenco do Alvinegro Praiano.

Damião não balançava as redes há cinco meses, desde o dia 30 de março, na vitória por 3 a 2 sobre o Penapolense, pela semifinal do Campeonato Paulista. Após o gol, a pausa para a Copa do Mundo e uma serie de lesões tiraram o sono, e os gols do 9 santista. Em entrevista cedida ao final da partida, o atacante lembrou os momentos difíceis quando estava contundido e agradeceu ao departamento médico do Santos pelo trabalho de recuperação

“Voltar a marcar é bom demais, mas importante é o time vencer. Não adianta nada eu marcar e não sairmos com a vitória. Ninguém sabe como é a dor da pubeíte. Hoje estou fazendo gol graças aos médicos e fisioterapeutas do Santos”, desabafou o atacante.

A pubeíte que é uma condição dolorosa que afeta a origem da musculatura adutora (virilha) e é recorrente em atletas tirou Leandro Damião dos gramados pór três meses. Já após a pausa para a Copa do Mundo, quando Damião estava prestes a voltar aos gramados sofreu uma nova lesão, dessa vez no tornozelo esquerdo.

Agora, livre das dores e de volta aos gols, Damião e seus companheiros esperam colocar o Santos de volta aos trilhos. O time faz clássico contra o São Paulo, no próximo domingo (24), às 16h, no Morumbi. O Santos tem 23 pontos e esta na sétima colocação.

VAVEL Logo