Em mais uma partida ruim, Palmeiras perde para o Sport e assume a lanterna
Foto: Divulgação/Palmeiras

Nesta quarta-feira (20), jogando fora de casa, na Arena Pernambuco, o Palmeiras somou mais uma derrota pelo Campeonato Brasileiro e agora está na última colocação da competição. A equipe paulista perdeu por 2 a 1, de virada, para o Sport e aumentou ainda mais a crise que paira sob a Academia. Os pernambucanos assumiram a sexta posição e estão muito próximos das quatro primeiras equipes que garantem uma vaga para a Copa Libertadores. 

Com o péssimo resultado, o Verdão segue sem vencer no Brasileirão 2014 desde quando Ricardo Gareca iniciou os trabalhos com a equipe. Com mais este insucesso, o time alcançou a décima derrota na competição, tornando-se o líder neste quesito, logo acima do Figueirense, que acumula nove fracassos. Os alviverdes tentarão uma reação na próxima rodada, no sábado (23), contra o ex-lanterna Coritiba, no Pacaembu, às 21h.

Já o Leão, que não vencia há três partidas, conseguiu alcançar mais uma vitória e agora soma 25 pontos no torneio. A equipe volta a campo no próximo domingo (24), jogando fora de casa, para um confronto direto com o Fluminense, às 16h, no Maracanã. Os cariocas estão uma posição acima e também a apenas um ponto dos pernambucanos.

Palmeiras começa bem, mas cai rapidamente de produção após primeiro gol

Depois de seguidos reveses dentro da competição, o Alviverde deu sinais de que desta vez tudo seria diferente e a crise profunda em que os paulistas se encontram começaria a terminar no Recife. Logo aos 13 minutos do primeiro tempo, após bela jogada de Pablo Mouche, Henrique recebeu a bola na área adversária, cabeçando com firmeza para a defesa do goleiro Magrão. No rebote, o atacante abriu o marcador. Foi o seu sétimo gol no campeonato, apenas dois a menos que o artilheiro Ricardo Goulart, do Cruzeiro.

Se nos minutos iniciais houve boa movimentação e troca de passes rápidos por parte do time de Palestra Itália, a defesa seguiu fazendo falta bobas muito próximas da área do goleiro Fábio. O arqueiro palmeirense fez uma grande defesa após cabeçada de Rithely momentos depois de sua equipe inaugurar o placar. Entretanto, aos 22 minutos, Patric cobrou a falta, o guardião do Palmeiras saiu totalmente errado e acabou mandando a bola contra a própria meta. Era o empate.

O Verdão se desestruturou e depois disso não houve mais jogo por parte dos visitantes. A esquadra verde se desorganizou de tal modo que, logo aos 31 minutos, o Sport conquistou o seu segundo tento, passando a frente do placar. Patric anotou um grande gol, aproveitando-se após um lance de pressão dentro da área. O lateral mandou um lindo chute no canto direito da baliza palmeirense.

Com a desordem alviverde em campo, o Sport toma conta do jogo

O segundo tempo foi uma reprodução dos últimos vinte minutos da primeira etapa, apenas o Leão jogava. Ainda na primeita parte do jogo, os pernambucanos já tinham colocado uma bola na trave e exigido algumas boas defesas de Fábio. Antes mesmo do reinício do jogo, Gareca colocou o atacante Cristaldo no lugar de Wesley, que mais uma vez fez uma péssima partida.

O comandante argentino recuou Mouche e Allione, formando seu ataque com dois homens abertos e dois homens de área. Já nos dois primeiros minutos, Tobio errou e deixou a bola para Patric, que invadiu a área e chutou forte, a bola passou perto do gol. O ala foi o grande destaque da partida.

Não gostando do que via em campo, El Flaco efetuou mais duas substituições com nove minutos. Allione e Mouche saíram, dando lugar respectivamente a Leandro e Diogo. Mas de nada adiantou. O Sport continuou demonstrando domínio de jogo, chegando ao menos mais três vezes com perigo. O meio campo Diego Souza e o volante Ibson fizeram suas estreias, mas o rubro-negro nem precisou do futebol dois dois jogadores, a vitória já estava definida contra um oponente sem nenhum poder de reação.

VAVEL Logo