O bom retrospecto de Diego Tardelli e Marcelo Moreno em clássicos

Nos dias que antecederam o clássico que decidirá a Copa do Brasil, atleticanos e cruzeirenses travaram um duelo por conta dos ingressos. Após o STJD conceder a liminar que obrigou o Cruzeiro a liberar 10% dos bilhetes do jogo para os torcedores do Atlético-MG, o clube celeste procurou alternativas para comportar os cerca de seis mil alvinegros que deverão estar presentes.

Além da briga fora de campo, os atletas prometem um espetáculo. Pelo Galo, a massa atleticana conta com Diego Tardelli. O jogador entrou na galeria de maiores goleadores do Atlético-MG em clássicos contra a Raposa: já são oito gols, igualando os números do ex-atacante Dario.

Só na sua primeira passagem pelo Clube, Tardelli anotou seis gols diante do arquirrival. O atacante chegou ao Galo em 2009 e em seu primeiro clássico já marcou por duas vezes diante do Cruzeiro. O auge do artilheiro veio na vitória por 4 a 3 em Uberlândia. Na ocasião, o camisa 9 marcou três vezes em jogo válido pelo Mineiro de 2011.

Com muita personalidade e considerado um centroavante do futebol moderno, Tardelli foi convocado para servir a Seleção Brasileira, sendo fundamental no esquema de Dunga. Além disso, o atacante decidiu o Superclássico das Américas com dois gols sobre a Argentina.

Do outro lado, o Cruzeiro conta com o atual campeão Brasileiro, Marcelo Moreno, que vive uma excelente fase no time celeste e a esperança de gols para tentar reverter a vantagem do time alvinegro por 2 a 0 contruída no primeiro da final.

Considerado o carrasco do Galo, o atacante anotou três gols diante do Atlético-MG: dois na decisão do Campeonato Mineiro de 2008 e um no primeiro clássico pelo Campeonato Brasileiro de 2014.

O maior clássico de Minas Gerais passou a ser o maior clássico do Brasil neste de novembro. Cruzeiro e Atlético-MG fazem nesta quarta-feira (26), o último jogo pela disputa da Copa do Brasil. Os rivais se enfrentam às 22h (de Brasília), no Mineirão.

VAVEL Logo