Cruzeiro vende 20 mil camisas em menos de um dia e bate recorde
Evérton Ribeiro, Fábio e Julio Baptista foram os modelos no evento de lançamento dos novos uniformes do Cruzeiro. Nas lojas, o material acabou em poucas horas.(Foto: Divulgação/Cruzeiro)

A nova camisa do Cruzeiro, confeccionada pela Penalty, teve procura recorde nas lojas do clube e licenciadas. Mas não foi uma missão fácil adquirir a nova camisa. Os torcedores tiveram que passar longas horas nas filas para adquirir o produto. Alguns conseguiram fazer a compra, enquanto outros saíram frustrados. Grande parte dos cruzeirenses esperou por várias horas e mesmo assim não conseguiu comprar o uniforme.

O diretor de marketing do Cruzeiro, Marcone Barbosa, afirmou que o clube não se preocupa com o esgotamento das peças em poucas horas, pois a reposição do estoque ocorrerá no próximo dia 23, nas lojas oficiais do clube.

“Foi um recorde na história do Cruzeiro. Chegaram ao mercado ontem à noite 20 mil camisas. A gente já sabia deste cenário, e por isso o torcedor pode ficar tranquilo que não faltará peça. A reposição será rápida, o segundo lote chegará às lojas oficiais até o dia 23. Já estão sendo confeccionadas mais de 100 mil camisas sem patrocinadores, que serão vendidas nos primeiros meses do ano”, garantiu Marcone.

O diretor explicou que o contrato entre a Penalty e o clube tem um plano de metas. A cada lote de camisas comercializadas, o clube ganha um bônus em dinheiro. O dirigente não quis revelar o valor, mas se mostrou satisfeito. “O Cruzeiro tem um contrato em que recebe um valor relativo à exposição da marca Penalty e um valor relacionado à venda. A cada bloco de vendas atingido, o Cruzeiro recebe uma bonificação em cima disso. Se as vendas continuarem nesse ritmo, nossa expectativa é receber pelo menos três bônus”, explicou Marcone.

A nova camisa pode ser adquirida sem a estampa de patrocinadores, fato que agrada muitos torcedores. O preço é R$ 199,90 para a camisa masculina sem o patch de campeão brasileiro. Caso o torcedor queira colocar o patch, ele terá que pagar R$ 30 a mais. O modelo feminino sem o patch é vendido por R$ 179,90. No primeiro trimestre de 2015, a Penalty promete disponibilizar 120 mil peças.

A estreia do novo uniforme será neste domingo, no amistoso contra o Londrina, no Estádio do Café. Em campo, os jogadores usarão um modelo com os patrocínios da Cemil, na omoplata, e das massas Vilma, nas mangas.

VAVEL Logo