Mesmo jogando com um a menos desde o primeiro tempo, CRB segura empate com o Globo-RN
Partida foi marcada pelo equilíbrio e equipes empataram sem gols em estreia no Nordestão (Foto: Divulgação/CRB)

Em partida realizada no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim-RN, Globo e CRB empataram sem gols. O jogo marcou a estreia das duas equipes no Campeonato do Nordeste. Com o resultado, as equipes dividem a vice-liderança do grupo E, atrás do Bahia.

Na próxima rodada, o Galo alagoano enfrenta o Bahia às 21h20 da quarta-feira (11), no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Por sua vez, o Globo viaja para Campina Grande e enfrenta o Campinense. O jogo acontece às 21h45 da quinta-feira (12), no Estádio Ernani Sátyro, o Amigão.

A partida começou equilibrada. Aos 3, Fernando driblou o marcador e deu um lançamento primoroso para o atacante Lima, mas o árbitro assistente alegou impedimento, anulando o ataque do CRB. Com o tempo, o Globo passou a dominar o jogo, mas as finalizações demoraram para acontecer. Aos 16, Romarinho arriscou na entrada da área e a bola passou perto da trave defendida por Júlio César.

O CRB, quando conseguia atacar, tinha jogada interrompida por posição irregular. Em 20 minutos, foram cinco impedimentos alvirrubros. Aos 35, a situação ficou complicada para o Galo, quando Lima foi expulso diretamente após cometer falta dura, um carrinho desnecessário no meio de campo. Logo depois, o time chegou com perigo. Morais desvencilhou-se da marcação potiguar, e cruzou para Dudu, que cabeceou com perigo.

Mesmo com um a menos, o CRB continuou mais perigoso no ataque. No começo do segundo tempo, aos 2, Maranhão recebeu passe de Morais pela direita, mas errou o cruzamento. Aos 8, o Globo respondeu. Renatinho recebeu a bola na meia-lua e tentou encobrir o goleiro Júlio César, que estava adiantado. Por pouco, os donos da casa não abriram o placar. Um minuto depois, o Galo tentou com Maranhão, que avançou pela linha de fundo e cruzou para Morais: baixinho, o meia alvirrubro não alcançou.

Aos 25, a marcação do Globo roubou a bola de Douglas Packer e mandou a bola na área. Júlio César saiu e afasta o perigo. Aos 36, o Galo voltou a atacar. Paulo Sérgio alçou bola na área, Douglas Packer tocou para Maranhão de cabeça. O jogador dominou de cabeça e mandou de bicicleta, mas a bola foi para fora, encerrando as chances de gol e fechando o placar no zero em Ceará-Mirim.

VAVEL Logo