Bahia vence Globo-RN e dispara na liderança do Grupo E do Nordestão
(Foto: Divulgação - EC Bahia)

O torcedor do Tricolor de Aço sofreu até o último minuto para ver o Bahia vencer a equipe do Globo por 1 a 0, jogo realizado na noite desta quinta-feira (5), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com o triunfo, a equipe se isolou na liderança do Grupo E da Copa do Nordeste com 10 pontos e está virtualmente classificado à próxima fase da competição, enquanto o representante potiguar permanece com apenas dois pontos e com chances remotas de classificação.

Bahia balança as redes mas de forma irregular, finaliza na trave, mas placar não sai do zero

Com uma proposta bastante ofensiva, Sérgio Soares colocou três atacantes, com Maxi Biancucchi e Kieza pelas pontas, e Leo Gamalho jogando centralizado. Visando surpreender no contra-ataque, o Globo adotou um 4-4-2, com duas linhas de quatro e com uma forte marcação. E nem demorou para os potiguares se armarem que o Bahia balançou as redes logo aos três minutos. Souza cobrou falta e Maxi Biancucchi completou, mas o argentino estava em posição irregular.

Mas o gol anulado não tirou o foco do time baiano, que chegou com perigo aos nove minutos, com Maxi cruzando pela esquerda. Leo Gamalho se esticou, mas não alcançou a bola. Aos 14 minutos, o zagueiro Robson falha ao tentar cortar um cruzamento e Maxi cabeceou, acertando a trave do arqueiro Rafael. A equipe potiguar seguia errando muitos passes e nitidamente assustada com a forte pressão imposta pelo time da casa.

E aos 17 minutos, o Globo tentou chegar à meta de Jean. Jozicley lançou Romarinho em profundidade, mas o atacante errou na hora de cruzar de primeira. Não demorou um minuto para o Bahia chegar com perigo ao gol de Rafael. Cruzamento preciso de Tony, a defesa potiguar falhou e Kieza chutou forte, mas o goleiro da Águia evitou o gol do Tricolor de Aço. Mas apesar de toda a pressão baiana, foi o time de Ceará-Mirim que quase abriu o placar na Fonte Nova. Aos 31 minutos, Marcel chutou de fora da área mas o goleiro Jean se esticou dando uma tapa na bola, mandando por cima do travessão.

Aos poucos o Bahia perdeu fôlego no ataque, enquanto o Globo seguia marcando forte, mas com uma melhor postura ofensiva e arriscando com cruzamentos e chutes de média distância.

Mudanças surtem efeito e Tricolor vence mais uma

Na volta do intervalo, o meia Willians entrou no lugar do atacante Leo Gamalho, que pouco participou na partida. Com o objetivo de fazer a bola chegar aos atacantes, Sérgio Soares optou em colocar um meia veloz  para ajudar Tiago Real na armação de jogadas. O Bahia manteve a pressão diante do Globo, que seguia sofrendo com as fortes investidas do lateral direito Tony. E aos 12 minutos, o Bahia balançou novamente as redes com Tiago Real, mas o juiz invalidou por conta de uma falta de ataque. Quatro minutos depois, o Bahia reclamou de um pênalti do goleiro Rafael em cima de Rômulo, mas o árbitro Gilberto Freire entendeu como uma simulação e advertiu o volante com cartão amarelo.

O técnico Leandro Sena tirou o atacante Rivaldo e colocou o meia Renatinho Potiguar, deixando o time mais defensivo, no 4-5-1. Aos 24 minutos, mais uma chegada do Bahia, de novo com Maxi, que desviou um cruzamento rasteiro de Tony e passou muito perto da trave de Rafael. Não demorou muito para o Globo responder com Renatinho Potiguar, que chutou colocado, mas Jean fez a defesa. No lance seguinte, Romarinho se livrou da marcação porém finalizou muito mal à meta do arqueiro do Tricolor baiano.

Bastante acionado no jogo, o volante Souza deu lugar a Zé Roberto, e no primeiro lance do jogo, foi determinante para o gol. Aos 32 minutos, o meia passou pela marcação e cruzou rasteiro para Rômulo chutar forte, sem chances para o goleiro potiguar. Desesperado, o treinador do Globo acionou Índio Oliveira para tentar um fôlego extra no ataque. Pouco mudou a situação da equipe. E no apagar das luzes, por muito pouco, Zé Roberto não ampliou para o Bahia. Após receber passe de Maxi, ele passou por Rafael, mas sem ângulo, acabou mandando a bola pra fora. Apesar do sofrimento, a torcida viu a equipe faturando mais três pontos e liderando o Grupo E da Copa do Nordeste.

VAVEL Logo