0-1, min. 41, Charles. 0-2, min. 80, Wescley. 1-2, min. 88, Fernandinho (GC)
Ceará vence clássico contra Fortaleza e se classifica na liderança do grupo na Copa do Nordeste
Foto: Divulgação/Ceará

Ceará vence clássico contra Fortaleza e se classifica na liderança do grupo na Copa do Nordeste

Charles e Wescley deram a vitória ao vozão; mesmo com derrota, o Fortaleza, que já tinha passado para a próxima fase, ficou na segunda posição do grupo D

rudiiellemendes
Rudielle Mendes
FortalezaDeola; Adalberto, Everton, Lima, Wanderson; Tinga, Corrêa (Dudu Cearense, min. 82), Vinícius Hess, Pio (Samuel, min. 74), Maranhão (Cassiano, min. 66), Lúcio Maranhão. Técnico: Marcelo Chamusca
CearáLuiz Carlos; Fernandinho, Gilvan, Samuel Xavier, Charles. Sandro Manoel, Uilliam Corrêa, Ricardinho (Marcos Aurélio, min. 78); Magno Alves, Marinho (Wescley, min. 40), Assisinho (Robinho, min. 72). Técnico: Silas.
Placar0-1, min. 41, Charles. 0-2, min. 80, Wescley. 1-2, min. 88, Fernandinho (GC)
ÁRBITROLeonardo Simão. Cartão Amarelo: Gilvan (min. 10), Assisinho (min. 28), Tinga (min. 32), Samuel Xavier (min. 68), Cassiano (min. 83), Vinícius Hess (min. 86)
INCIDENCIASJogo válido pela última rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, realizada no Castelão, em Fortaleza.

O Estádio Castelão foi palco para mais um clássico cearense. Desta vez na Copa do Nordeste, Fortaleza e Ceará se enfrentaram pela última rodada na fase de grupos. Com gols de Charles na primeira etapa e Wescley no segundo tempo, o Vozão venceu por 2 a 1 o rival e a equipe ficou na liderança do grupo D. O Fortaleza também passou de fase, ficando entre os três melhores segundo colocados.

O Ceará foi melhor na primeira etapa, fez o primeiro gol e teve chances de ampliar o placar, mas Deola evtiou maior estrago. Já no segundo tempo o Fortaleza voltou melhor, porém o Ceará fez mais um em contra ataque. No fim, o Leão do Pici diminuiu mas o placar não mais mudou.

As duas equipes vão esperar o sorteio das quartas-de-finais da competição na próxima sexta-feira (20) para conhecer os próximos adversários. Por ser o líder, o Vozão ficará no pote 1 e decidirá a vaga das semi-finais em casa, já o Fortaleza vai para o pote 2 e, fora de casa, faz o jogo da volta.

Provocações e Vozão saindo na frente

A partida começou movimentada entre os jogadores, onde em poucos instantes houve diversas provocações entre os atletas. O Ceará começou mais atento, mas logo em seguida o Fortaleza tomou as ações, mas o último toque não foi qualificado.

Everton e Maranhão tiveram as jogadas centradas entre si, e até colocaram perigo, porém a defesa do Vozao seguiu sem ser penetrada, Luiz Carlos não foi exigido. Aos 18 minutos, Ricardinho criou a primeira chance de gol, mas Deola praticou boa defesa. Logo depois, os jogadores voltaram as provocações. Maranhao e Uilliam Corrêa discutiram bastante.

Corrêa bateu falta, mas o chute sai sem direção. Aos 41 minutos foi a vez do Ceará ir ao ataque. Ricardinho cobrou escanteio e Charles, bem colocado, não deu chances a Deola, abrindo o placar e colocando a equipe alvinegra momentâneamente na liderança. O Fortaleza teve chances em bola parada, mas o placar seguiu inalterado.

Ceará mantém placar favorável mesmo com rival melhor

O Leão voltou decidido a empatar e teve duas chances. Tinga desperdiçou dentro da grande área, em seguida Wanderson fez boa jogada e chutou na trave de Luiz Carlos. O Ceará demorou para agir, e só aos 8 minutos com Magno Alves de cabeça, obrigando Deola a fazer mais uma defesa. O clássico teve várias faltas e muitos jogadores receberam o cartão amarelo.

O Fortaleza voltou a pressionar com Tinga, mas ninguém completou no gol. O lá e cá iria evidente com mais uma chegada do Ceará, porém sem perigo e depois o ataque alvinegro não apareceu. Com a equipe de Silas mas recomposta, os comandados de Chamusca tiveram mais trabalho para chegar ao ataque, deixando o jogo mais morno e com troca de passes pelo meio de campo. Só em contra ataques o Ceará levou sufoco ao rival.

E foi em jogada rápida que o Ceará ampliou o placar. Depois de passe de Magno Alves, Wescley, que entrou ainda no primeiro tempo, tocou na saída de Deola, levantando a torcida e confirmando a liderança do grupo D para a equipe. O Fortaleza diminuiu o placar aos 43 minutos, com gol contra de Fernandinho, porém o resultado não foi suficiente.

Em jogo de eliminado, Ríver vence o Botafogo-PB

Na outra partida do grupo D, os já eliminados Ríver e Botafogo se enfrentaram no Albertão, em Teresina. Os anfitrioes venceram por 1 a 0 e terminaram a competição com oito pontos ganhos. Já o Belo, teve a pior campanha do Nordestão, com apenas um ponto. Com as duas equipes com time misto em campo e estádio vazio, a partida foi a única da rodada que não decidia mais nada. O único gol da partida veio com Sideval, aos 23 minutos do segundo tempo. Ambas as equipes voltam as atenções para o estadual e Copa do Brasil.

VAVEL Logo