Vasco da Gama: as mentiras por trás do rótulo de vice

Apesar da fama, o que todos quase não sabem é que o Vasco da Gama não é o maior vice-campeão do futebol carioca. Este rótulo pertence ao Flamengo. A despeito do histórico recente de vice-campeonatos do Vasco, especialmente em decisões contra o Flamengo, como na Copa do Brasil de 2006 e no tricampeonato carioca de 1999, 2000 e 2001, os rubro-negros levam vantagem nesse quesito.

Ao todo, o Flamengo foi vice em 31 Estaduais, 3 Copas do Brasil, 1 Taça Brasil, 2 Torneios Rio-São Paulo, 2 Supercopas e 1 Copa Mercosul, totalizando 40 quase-campeonatos. O Vasco tem 36: são 23 Estaduais, 2 Brasileiros, 1 Copa do Brasil, 1 Taça Brasil, 7 Torneios Rio-São Paulo e 2 Mundiais. No ranking de todos os clubes do Brasil, o Vasco é o sétimo com mais vices, enquanto o Flamengo é o quinto colocado.

Apesar do Vasco ser menos vice que o Flamengo, em confronto direto o rubro-negro leva vantagem. O "Clássico dos Milhões" já foi responsável por 22 finais de estadual, com o Fla vencendo 12 e o Vasco 10. O clube da Colina não vence o clube da Gávea em finais de estadual desde 1988.

Cocada (sem camisa) após marcar o gol do título do bicampeonato carioca, novamente vencido em final contra o Flamengo (Foto: O Globo)

O rótulo de vice dada pelos flamenguistas aos vascaínos, no entanto, era injusta até a Copa do Brasil de 2006. Até aquele momento, o Flamengo era o freguês do Vasco em finais. O tricampeonato Carioca de 1999, 2000 e 2001 apenas tirou ampla vantagem cruz-maltina para o rival. O Estadual de 2004 deixou os clubes empatados nos confrontos diretos. O torneio nacional, portanto, serviu para desempatar e dar uma vantagem inédita para o clube da Gávea.

É verdade que a mídia tentou rotular o Vasco como o maior vice-campeão devido ao tri-vice de 1999 a 2001, o vice em 2004 - todos pelo estadual - e o vice da Copa do Brasil de 2006, mas na década de 70 e 80 não era bem assim. O cruz-maltino conseguiu títulos importantes, como em 1977 quando Mazaropi defendeu a cobrança de pênalti de Tita e consagrou o Vasco campeão, ou o bicampeonato em 1987 e 1988, com o ex-rubro-negro Tita decidindo em 87 e Cocada marcando o gol do título em 88.

Mazaropi defendeu a cobrança de pênalti de Tita e consagrou o Vasco campeão em 1977 (Foto: O Globo)
VAVEL Logo