Guilherme tem lesão confirmada e vira desfalque no Atlético-MG por tempo indeterminado
Guilherme vira desfalque para a decisão do Mineiro e as oitavas da Libertadoras (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

A assessoria de imprensa do Atlético-MG informou, na tarde desta terça-feira (28), que o armador Guilherme sofreu um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda. O jogador saiu no intervalo da partida contra a Caldense, no último domingo (26), no Mineirão, na ida da decisão do Campeonato Mineiro, após reclamar de um incômodo no local da lesão.

O atleta já começou o procedimento de recuperação na Cidade do Galo e ficará no departamento médico por tempo indeterminado. Assim, Guilherme não enfrentará a Caldense, em Varginha, no próximo domingo (3), no jogo que decidirá quem vai levantar a taça de campeão mineiro de 2015, e o Internacional, na próxima quarta-feira (6), pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Após ficar ciente da notícia, o camisa 17 usou a rede social Twitter para expressar sua insatisfação com mais uma lesão. “Imagina o quanto é difícil apanhar, cair e se levantar de novo!! Mas não perco a fé em Deus e a vontade de vencer”, escreveu.

Guilherme acumula um histórico bem negativo de lesões. Desde que chegou ao Galo, em março de 2011, já foram 16 – contanto com esta última. Neste ano, inclusive, ele ficou três meses parado tratando de um estiramento na coxa direita. Retorno à equipe no dia 9 de abril diante do Santa Fe, pela Libertadores, onde marcou o segundo gol da vitória por 2 a 0. Depois, foi decisivo no jogo de volta da semifinal do Mineiro contra o Cruzeiro, no Mineirão, cujo forneceu as assistências para os gols de Lucas Pratto na vitória de virada por 2 a 1.

Mesmo com a lesão de Guilherme, o técnico Levir Culpi afirmou que há outros jogadores capazes de substituí-lo à altura. “Temos muitos armadores de qualidade no grupo. Precisamos jogar bem e já fizemos grandes exibições este ano sem a presença do Guilherme. Perdemos uma arma, porque ele distribui bem as bolas, mas vamos encontrar uma maneira de solucionar o problema, dentro do nosso grupo”, disse.

Com a ausência do meia, Levir deve retornar Jesús Dátolo à armação da equipe para os jogos contra Caldense, na decisão do Mineiro, e Internacional, nas oitavas de final da Libertadores. O argentino atuou mais recuado nas últimas duas partidas, ante Colo-Colo e Caldense, a fim de dar mais qualidade à saída de bola da equipe mineira.

VAVEL Logo