Bernardo e Guiñazú conseguem efeito suspensivo e estão liberados para jogar decisão do Carioca
Foto: Divulgação/Vasco da Gama Oficial

O Vasco terá o gringo Guiñazú e o meia Bernardo à disposição de Doriva para a grande final do Campeonato Carioca contra o Botafogo, no próximo domingo, às 16h, no Maracanã. Isso porque os jogadores foram julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), juntamente aos flamenguistas Anderson Pico e Paulinho devido à confusão generalizada em um clássico ainda na primeira fase da competição e estão com condições legais de jogo.

Bernardo e Anderson Pico foram julgados e punidos com um jogo, porém, já cumpriram a punição automática pelo cartão vermelho levado naquela ocasião. Guiñazú, autuado no mesmo artigo 257 do CBJD, que determina pena para quem "participar de rixa, conflito ou tumulto, durante a partida, prova ou equivalente", foi absolvido. Já Paulinho foi julgado em ouro artigo, o 250, que prevê ''praticar ato desleal ou hostil durante partida, prova ou equivalente".

Com essa decisão, além de uma vantagem por ter vencido o primeiro jogo da final por 1 a 0, o clube da Colina conta com esses dois ''reforços'' para a partida contra o Botafogo e estão à disposição do técnico Doriva na disputa pelo título de Campeão Carioca de 2015. Alvinegros buscam ser campeões estaduais pela primeira vez desde 2003.

VAVEL Logo