Meia Ricardinho comemora título inédito da Copa do Nordeste: "Esse ano tinha de ser nosso"
(Christian Alekson/Ceará SC)

Na última quarta feira (29) ocorreu o segundo jogo da final da Copa do Nordeste de 2015, onde o Ceará venceu o Bahia por 2 a 1 e se sagrou pela primeira vez campeão da competição. Em 2014, o Vozão chegou até a final mais acabou derrotado pelo Sport, no mesmo Castelão. Após o fim da partida, a comemoração tomou conta do estádio, e os mais de 60 mil torcedores festejavam junto com os atletas.

“Estávamos buscando esse título e agora conseguimos. Ninguém teve mais mérito do que o Ceará. Fomos os melhores e não perdemos nenuma. Contamos com um grupo sensacional que não tem titular absoluto. Agora vamos atrás do Campeonato Cearense” - afirmou Assisinho.

Tido por maior parte da imprensa como maior jogador do Ceará no ano e até como melhor jogador da competição, o meia Ricardinho também comentou a conquista e desabafou.

“Não tem o que questionar. Viemos amadurecendo e batendo na trave e esse ano tinha de ser nosso. E foi o que deu” – enfatizou.

Thiago Cametá, que está há pouco tempo no elenco e entrou apenas no segundo da partida, também comentou o fato e já pensa na final de domingo, onde dessa vez o alvinegro não chega com a vantagem, mas o atleta quer seguir dando alegrias ao torcedor.

“Estávamos desacreditados por quase todos. E agora estamos no topo. Campeão, invicto e não temos mais nada o que falar. Que venha no domingo mais uma conquista para deixar essa torcida sensacional ainda mais animada” –  concluiu o atleta.

O goleiro Luis Carlos, que estava com a equipe no vice campeonato do ano passado, também falou e comentou justamente sobre o fato, e de que agora aquilo tem de ser esquecido e só pensar no título desse ano.

"Ano passado perdemos o título da Copa do Nordeste, que é muito importante, dentro da nossa casa. Esse ano queríamos fazer diferente. Agora é só comemorar", finalizou.

VAVEL Logo