Argel detona Federação Catarinense após final: "É uma verdadeira várzea"
Treinador alvinegro acha que times vão passar vergonha e ironiza organização do Estadual (Foto: Luiz Henrique/Figueiirense)

Após a repetição do 0 a 0 na partida de volta da final do Campeonato Catarinense entre Joinville e Figueirense, o JEC comemorou o título, mas o julgamento que vai acontecer na próxima terça-feira (5) pode mudar os rumos do Estadual. O técnico do Figueira, Argel Fucks, aprovou a atuação de seu time, mas ainda espera a decisão do Tribunal para afirmar quem é o campeão.

"Minha equipe foi altamente competitiva no âmbito do futebol. Jogamos mais que o adversário. Tivemos a bola do jogo duas vezes. E poderia ter feito o gol. A gente queria ganhar dentro do campo. Não ganhou, mas também não perdeu. Vamos esperar o que o Tribunal vai decidir. O Marcílio Dias teve punição e caiu por causa disso", disse.

Entenda: TJD-SC indica inscrição irregular de jogador do Joinville e final do Catarinense pode ser alterada

O treinador alvinegro não poupou críticas a Federação Catarinense de Futebol e acha que a incompetência dos dirigentes tirou a graça da final do Campeonato. "Neste momento, a gente não pode falar que vai ser campeão. Mas na terça-feira, a gente vai ser campeão. Só que isso é uma vergonha. Aqui (em SC) a gente já não sabe quem é que tem que respeitar. É uma verdadeira várzea. Que exemplo a gente está dando? O próprio torcedor do Joinville está desolado. Estão forçando uma festa. Isso é uma vergonha para todos nós", afirmou.

Na opinião de Argel, o julgamento deveria ter acontecido antes da partida final e acha que isso mancha a imagem do futebol catarinense. "Por que não foi julgado antes do jogo? Deixaram passar. Então vamos passar uma vergonha. Não adianta ter quatro clubes na Série A e não ter organização fora de campo. Que faça o julgamento na quinta ou na sexta para não manchar a imagem do futebol catarinense. E agora quem sabe? Vai acontecer como 1987. Ninguém sabe se é o Flamengo campeão ou o Sport. Que grande exemplo de organização", completou.

O Figueirense volta a campo já na próxima quarta-feira (6), pela partida de ida da segunda fase da Copa do Brasil, contra o Avaí, na Ressacada, às 22h.

VAVEL Logo