Gilberto, o artilheiro cruzmaltino
(Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

Depois de uma complicada negocição e um período treinando com o elenco vascaíno, o atacante Gilberto foi contratado por empréstimo pelo Toronto FC para ser uma das referências do setor ofensivo. Embora seu reserva, Thalles, seja um dos xodós da torcida, o atacante vem correspondendo as expectativas da torcida e fazendo grandes atuações

Assim como já foi dito acima, a chegada de Gilberto foi complicada. O atacante passou um período treinando no Vasco para manter a forma física e tentou de toda forma se desvincular do Toronto FC, time canadense dono dos direitos do jogador. Depois de toda uma novela, o atleta finalmente conseguiu acertar sua ida para o time de São Januário, através de um empréstimo com duração de um ano.

"Fui muito bem recebido por todos aqui. Cansei de pedir ao meu empresário para dar um jeito e conseguir a minha liberação. Queria muito jogar no Vasco. Pressão existe em qualquer lugar do mundo, aqui não vai ser diferente, pois se trata de um clube gigante. Sei da história que o Vasco possui. Quem não quer participar da história de um clube grandioso como esse? Vou procurar fazer o meu trabalho para conseguir isso. Quero entrar na história do Vasco.", afirmou no dia de sua apresentação.

Durante sua 1ª entrevista coletiva, o atacante disse estar pronto para o primeiro clássico do estadual, contra o Fluminense, que ocorreria dias depois. Dito e feito, o jogador atuou na partida contra o tricolor das laranjeiras, realizando uma estréi com o "pé direito".

"Por mim, eu já jogaria domingo. Eu dependo do treinador, mas estarei apto para jogar caso ele me escale. Estou com muita vontade de jogar. Não disputo uma partida desde outubro, mas venho treinando forte e estou preparado para desempenhar um bom papel já neste momento. Espero ajudar o time quando for solicitado", disse Gilberto em sua 1ª coletiva.

(Foto Marcelo Sadio/Vasco)

Assim como já foi citado mais acima, o atacante Gilberto foi contratado pelo clube de São Januário para ser o artilheiro da equipe. Por enquanto, o atleta vem cumprindo muito bem essa função e começou sua passagem pelo Vasco com o pé direito, marcando gols polemicos nos acréscimos e em clássicos; ele também deixou um dos xodós da torcida, a promessa Thalles, no banco de reservas.

Logo no seu primeiro gol com o manto cruzmaltino, uma polêmica; muito se debateu após a partida com o Bonsucesso o penalti marcado pelo árbitro do jogo. Como o atleta do clube de São Januário não tem nada a ver com isso, aos 49 minutos do segundo tempo, ele faz o gol decisivo da partida contra o time do subúrbio carioca.

Depois disso, ninguém mais parou ele, que continuou marcando diversos gols com a cruz de malta no peito. Um deles, na sonora goleada sobre o Nova Iguaçu por 5x1 e outro no chuvoso clássico dos milhões no Maracanã, quando o único gol do Vasco diante do Flamengo foi marcado por Gilberto. O início da passagem do jogador é animador, e a torcida espera e torce para que essa fase continue assim.

(Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

Revelado pelo Santa Cruz-PB, foi peça importante do time pernambucano campeão estadual em 2011; devido ao seu destaque com a camisa rubro-negra, foi comprado pelo Internacional-RS, onde não correspondeu o esperado e foi cedido ao Sport-PB para recuperar sua boa forma. De volta à Recife, Gilberto fez mais uma boa passagem e chegou a ser chamado de volta por Dunga, que treinava o colorado naquela época. Mas, tempos depois, ele voltaria a ser emprestado=, mas agora para a Portuguesa.

No clube do Canindé, o atacante cruzmaltino terminou em 4° no ranking de artilharia do brasileirão, chegando a salvar o time da capital paulista do rebaixamento antes do caso de escalação irregular do meia Héverton. Depois de idas e vindas do Beira-Rio, o atleta finalmente se desvinculou do clube gaúcho e foi parar no Toronto FC, da MLS, onde chegou com status de estrela e logo depois foi parar na reserva e negociar sua volta ao futebol brasileiro com o Vasco.

Gilberto tem a responsbailidade de ser o camisa 9 do gigante da colina nessa temporada. Contratado com esse intuito, ele tem a sua sombra o jovem Thalles, uma das maiores promessas da base vascaína e que vem sendo constantemente convocado para seleções brasileiras de base. Na sua última participação no Brasileirão, ele terminou em 4º no ranking de artilharia.

O clube de São Januário tem tradição no ramo de artilheiros. Grandes atacantes como Romário, Roberto Dinamite e Edmundo se destacaram na competição nacional usando a camisa cruzmaltina. A torcida vascaína espera, com muita ansiedade, que o atleta contratado nessa temporada continue com essa "tradição" vascaína.

(Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

Nome: Gilberto Oliveira Souza Júnior

Nascimento: 05/06/1989

Nacionalidade: Brasil

Altura: 1,78

Clubes por onde passou: Santa Cruz, Internacional, Sport, Portuguesa e Toronto FC

Títulos: Campeonato Pernambucano (2011), Copa Pernambuco (2010) e Campeonato Gaúcho 2012, 2013)

(Foto: Marcelo Sadio/Vasco)
VAVEL Logo