Cássio falha, Corinthians é derrotado por Guaraní (PAR) e sai em desvantagem nas oitavas da Libertadores

Nesta quarta-feira (06), o Corinthians estreou nas oitavas de finais da Copa Libertadores da América, fora de casa. No Paraguai, o Timão visitou o Guaraní (PAR) e terminou derrotado. Com falha de Cássio e do zagueiro Felipe, o time Aurinegro venceu  por 2 a 0 com gols de Frederico Santander e Alberto Contrera, e agora precisa apenas de um empate simples na Arena Itaquera para avançar no torneio continental.

O Corinthians foi ao Paraguai enfrentar o Guarani pela partida de ida  das oitavas de finais da Copa Libertadores da América e perdeu. O time comandado por Tite foi pressionado pela equipe paraguaia do começo ao fim, chegou a assustar o goleiro Aguilar, mas com falha de Cássio e Felipe, o Timão acabou saindo atrás do placar com dois gols de vantagem parao adversário. Santander e Contrera, ambos no segundo tempo, marcaram para o Guarani e agora obrigam o Corinthians a vencer na Arena Itaquera por 3 a 0 se quiser ir ás quartas de finais no torneio continental, enquanto o Guarani poder perder até por 1 a 0 que se garante na próxima fase.

Antes de enfrentar o Guarani, em São Paulo,  o Corinthians tem sua estreia no Campeonato Brasileiro marcada para o próximo fim de semana. Em Cuiabá, no Mato Grosso, o Corinthians enfrenta o Cruzeiro, com mando da equipe mineira, na Arena Pantanal pela 1ª rodada da Série A. Pela Libertadores o Timão entra em campo na quarta-feira que vem (13), na Arena Itaquera ás 22h.

Timão sai jogando mal e Guarani dá susto em Cássio

O Corinthians começou mal o primeiro tempo. A equipe comandada por Tite, que voltou a contar com Paolo Guerrero, errou diversos passes no meio de campo e contra-ataques importantes.  Quem começou melhor, levando mais perigo ao gol adversário, foi a equipe da casa, o Guarani. Jogando em cima dos alas do Corinthians, os paraguaios deram trabalho para Cássio.  A primeira chance veio com Benitez. O meia recebeu na entrada da área e bateu forte, rasteiro, mas Cássio estava ligado no lance e fez defesa tranquila. O Corinthians respondeu minutos depois. Luciano recebeu na lateral e cruzou para a área, a defesa do Guarani subiu mais alto e fez o corte. No lance, os jogadores do Corinthians ficaram pedindo toque de mão, mas o árbitro, corretamente, mandou o jogo seguir.

Quem ajudou o Corinthians na primeira etapa também foi a sorte. Após boa jogada de Filippini,Santander, de cabeça, ajeitou para De La Cruz, que tinha o gol livre para marcar, mas o volante, na hora de chutar, furou  o lance e acabou desperdiçando grande chance. O Timão seguiu pressionado, na saída de bola, inclusive, enquanto o Guarani atacava pelos lados. A grande oportunidade de gol no primeiro tempo saiu aos 41 minutos, já a caminho do intervalo, mas Gil, zagueiro corintiano, salvou o clube Paulista. Benitez recebe lançamento nas costas de Luciano e ficou cara a cara com Cássio, tocando na saída do goleiro. A bola ia entrando até que Gil, em belo carrinho, tirou a bola em cima da linha, evitando que o Timão fosse para o vestiário atrás do placar.

Guarani pressiona, Cássio falha e Corinthians perde no Paraguai

O segundo tempo retornou com o Guarani pressionadno e dando susto novamente no Corinthians. Com menos de um minuto, Benitez, novamente, colocou Cássio mais uma vez para trabalhar. O meia recebeu na entrada da área, se livrou do marcador e bateu forte, Cássio caiu no canto certo e ficou com ela. Minutos depois, mais uma vez a sorte esteve ao lado da equipe paulista. Benitez fez bela jogada pela direita e cruzou na cabeça de Santander. Cássio saiu mal e o atacante do Guarani ficou com o gol escancarado para marcar, mas ele mandou por cima, pra fora, desperdiçando grande chance.

Santander voltou a ter ótim oportunidade aos 11 minutos, mas mais uma vez ele despediçou. Em lançamento, Santander ganhou de Felipe na corrida, fintou Gil e bateu forte, alto, e viu a bola passar por cima da meta de Cássio. Mas de tanto insistir o Guarani achou seu gol. Em cobrança de falta, Santander bateu rasteiro, fraco, mas Cássio falhou na defesa, deixou ela escapar das mãos e viu a bola morrer no fundo das redes, deixando o time do Paraguai em vantagem no placar.

Depois do gol do time paraguaio o Corinthians passou a jogar melhor e pressionar o adversário, principalmente com a entrada de Danilo no time paulista. Aos 26 minutos, Fabio Santos não empatou o jogo por muito pouco. Depois de finalização de Ralf, a bola sobrou para o lateral esquerdo que, na entrada da área, soltou a bomba em chute cruzado e viu  a bola caprichosamente bater no pé da trave esquerda e não entrar. O Corinthians voltou a assustar o goleiro Aguilar aos 35 minutos. Fagner colocou na área e Renato Augusto, de cabeça, testou para baixo, forte, mas o goleiro do Guarani ficou com a bola.  Mas por sair para o jogo, o Corinthians deixou espaço para o contra-ataque e o Guarani ampliou o placar. Santander lançou Contrera,  Felipe falhou na marcação e o meia entrou livre na área de Cássio e bateu cruzado, indefensável para o arqueiro corintiano, dando ao aurinegro uma boa vantagem pra o jogo de volta em São Paulo, aonde pode até perder por 1 a 0 que se classifica para às quartas de finais.

VAVEL Logo