Lateral João Carlos é apresentado no Santa Cruz e não teme cobrança: "Quero fazer história"
“Vou tentar jogar o meu máximo aqui no Santa Cruz”, disse o lateral-direito João Carlos (Foto: Divulgação/Santa Cruz)

João Carlos foi uma das boas revelações do Campeonato Pernambucano 2015. Apresentando bom desempenho no Serra Talhada, o lateral-direito acabou despertando o interesse do Santa Cruz e acertou com o clube para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (06), o atleta, enfim, foi apresentado pelo clube Coral e deixou claro o desejo de fazer história com a camisa do Mais Querido.

Sabendo que terá concorrência na lateral-direito, pois Nininho cresceu na reta final do Pernambucano e não largou a posição, João Carlos afirmou que não vai fugir de suas características para conseguir a titularidade. O jogador prometeu empenho máximo para ajudar os corais na temporada.

“Tenho bastante personalidade. Não procuro fugir das minhas características dentro de campo. Vou sempre respeitar meus colegas de trabalho, mas vou tentar jogar o meu máximo aqui no Santa Cruz. Tenho o desejo de fazer história nesse clube”, garantiu o novo lateral-direito.

João Carlos também revelou qual é o seu desejo nessa passagem pelo tricolor pernambucano e mostrou tranquilidade quanto a uma provável cobrança da torcida Coral durante a Série B.

“Chego ao Santa Cruz como objetivo de conquistar a Série B. Este é meu desejo. Não tenho problemas com cobranças, pois gosto de ser cobrado. Quero sempre estar almejando algo a mais, não me acomodo”, afirmou.

Apesar de ter apenas 22 anos, o lateral-direito João Carlos passou pelo Cruzeiro. No entanto, lesões acabaram atrapalhando a vida do atleta no clube mineiro. Agora, ele agradece essa nova oportunidade no cenário nacional. Segundo o jogador, no momento da proposta do Santa Cruz ele não pensou duas vezes para aceitar.

“Em 2010, tive uma grande oportunidade, pois um grupo de investidores me colocou no Cruzeiro. Porém, tive duas lesões lá e isso acabou me atrapalhando, mas já faz parte do passado. Estou feliz pela chance dada pelo Santos Cruz. Sou o mesmo João Carlos de 2010. Quando surgiu a oportunidade de jogar aqui, não pensei duas vezes”, disse.

VAVEL Logo