De virada, Chapecoense vence Coritiba na abertura do Campeonato Brasileiro
(Foto: Reprodução/Coritiba FC)

Chapecoense e Coritiba entraram em campo na noite deste sábado (09), pela estreia do Campeonato Brasileiro. O jogo foi vencido pela Chapecoense por 2 a 1 que soma assim seus primeiros três pontos na competição, enquanto que o Coxa volta para casa zerado. Ainda aguardando o fim da rodada, as equipes não possuem posições definidas nesse início de Brasileirão.

O time catarinense não pôde contar com o lateral-esquerdo Dener, que por questões contratuais ficou de fora, dando lugar a Abuda. No lado paranaense, Marquinhos Santos manteve a base dos últimos jogos e contou com o retorno de Luccas Claro ao elenco. Wellington Paulista não viajou para Chapecó, pois sofreu uma entorse no embate do meio da semana e Pedro Ken o substituiu.

A próxima partida da Chape será no domingo (16), fora de casa, contra o Corinthians, pela segunda rodada do Brasileirão. Já o Coxa enfrenta o Fortaleza, no Couto Pereira, pelo jogo de volta da Copa do Brasil, na quarta-feira (13). 

Primeiro tempo de equilíbrio, inclusive no placar

As equipes começaram a partida com o habitual reconhecimento do adversário, no entanto, o Coritiba optou por buscar o gol logo no princípio e teve êxito já aos três minutos, quando Rafhael Lucas aproveitou o bate e rebate na área e mandou para o fundo das redes, abrindo o marcador e estreando a contagem de gols do Brasileirão.

Pouco depois, a Chape começou a busca pela reação e conseguiu um contra-ataque que exigiu a intervenção do goleiro Bruno na conclusão de Roger. Aos 23 minutos a partida equilibrou-se e a Chapecoense teve mais uma boa chance com o levantamento na área e desvio de Camilo, que mandou a bola raspando na trave.

Foi aos 30 minutos, porém, que o empate saiu. Após cobrança de falta, a zaga afastou, Elicarlos conseguiu bater de longe e contou com a falha do goleiro para comemorar o primeiro gol da Chape.

No restante do tempo o Cori tentou ser mais ofensivo e buscou chegar com mais perigo ao ataque. A Chapecoense, por sua vez, se segurava tranquilamente e conseguia chegar a área Coxa Branca, porém, sem efetividade para nenhum dos lados os alviverdes foram para o intervalo.

Chapecoense volta ligada e vira no segundo tempo

No retorno, o mandante começou com mais incisão, conseguindo duas jogadas que exigiram atenção do sistema defensivo adversário. Aos nove minutos, porém, o Coritiba quase saiu na frente mais uma vez quando Helder chutou forte de longe e a bola explodiu no travessão.

A partida tornou-se mais tranquila e sem tantas jogadas significativas para ambos os lados. Vez ou outra, no entanto, o alviverde catarinense avançava um pouco com lances de Gil. O paranaense aproveitava as oportunidades que saiam principalmente do lado direito.

Aos 20 minutos, a Chape contou com a falha de Negueba para virar o marcador. O atacante estava tentando caprichar no passe, mas acabou desarmado e cedeu contra ataque, finalizado sem muita dificuldade por Roger.

As equipes pouco conseguiram criar em boa parte dos minutos restantes e esfriaram a partida conforme o tempo passava. O Coxa mesmo precisando correr atrás do prejuízo não conseguia ser ofensivo o bastante, arriscando apenas lançamentos longos.

A Chape administrava o resultado positivo e arriscava quando conseguia alguma jogada mais próxima da área. Aos 42 minutos quase conseguiu ampliar quando Bruno saiu atrapalhado do gol e Apodi teve a oportunidade de mandar para as redes, mas também se atrapalhou e desperdiçou.

No apito final, aos 50 minutos, a virada da Chapecoense foi confirmada no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro 2015.

VAVEL Logo