Rafael Marques marca no último minuto e Palmeiras empata com Atlético-MG na abertura do Brasileirão
Foto: Divulgação/ Palmeiras

O jogo que deu o pontapé inicial para a 44ª edição do mais tradicional torneio em nível nacional, o Campeonato Brasileiro, ocorreu na cidade de São Paulo, no Allianz Parque. Dono da casa, o Palmeiras empatou com o Atlético-MG por 2 a 2 ,com gols de Patric epara o time de Minas e de Vitor Hugo e Rafael Marques para os palmeirenses.

O time mineiro entrou com o time reserva, visto que na próxima semana disputa o duelo decisivo contra o Internacional de Porto Alegre pela fase de oitavas-de-final da Libertadores da América. No jogo de ida em Belo Horizonte, houve um empate por 2 a 2 em jogo equilibradíssimo, entretanto o time gaúcho tem vantagem por ter feito dois gols fora de casa.

Apesar do empate, o alviverde paulista segue com chances de cumprir a meta estabelecida pela direção. Após a péssima campanha do último ano, acabando com as chances de rebaixamento apenas na última rodada, a diretoria alviverde resolveu se mexer. Com a contratação de 21 novos jogadores e o vice-campeonato paulista de 2015, o elenco estabeleceu a meta de somar 12 pontos nas primeiras quatro rodadas desse brasileirão.

Na próxima rodada, os dois times voltam a jogar no domingo. O Atlético-MG enfrentará o Fluminense às 16h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, e o Palmeiras jogará com o Joinville, às 18h30, fora de casa. Durante a semana, o Verdão joga na terça-feira, em partida válida pela Copa do Brasil, contra o Sampaio Corrêa no jogo de volta, já que houve empate em 1 a 1 no primeiro jogo. 

Confira como foi a partida na transmissão da VAVEL BRASIL.

Primeiro tempo movimentado, mas sem gols no marcador

Apesar de ter ido à campo com o time reserva, o Atlético-MG não poupou esforços e deu trabalho do início ao fim da etapa inicial. Porém, o Palmeiras também se impôs em campo e conseguiu levar perigo para a equipe visitante. Ambas as equipes apresentaram atuação considerável, tendo muito equilíbrio.

E, de fato, o equilíbrio foi evidente. As inúmeras finalizações no primeiro tempo falaram por si só. O Galo ia pra cima, pressionava e por pouco não abria o placar. O Verdão respondia, armava contragolpes até a área adversária, mas nada suficiente para abrir o marcador. E esse vai e volta no ataque perdurou o tempo todo.

Porém, as melhores chances foram da "alternativa" equipe mineira. As defesas de Fernando Prass garantiram o zero no marcador, mas as de Victor foram as mais salvadoras. O goleiro atleticano foi uma muralha no primeiro tempo e evitou com que o gol alviverde acontecesse por várias vezes, encerrando assim a etapa inicial sem gols.

Etapa complementar eletrizante termina com dois gols para cada lado

Se a etapa inicial contou com o equilíbrio, o segundo tempo foi extremamente diferente. O rendimento dos donos da casa caiu e o placar foi estreado pelos visitantes logo aos cinco minutos. Após uma sequência de três bons contra-ataques, Patric surgiu pela direita e bateu cruzado, não dando chances de defesa para Fernando Prass.

O gol atleticano conseguiu causar uma certa desestabilização nos alviverdes, que só conseguiram o empate aos 36 minutos. A cobrança de escanteio de Zé Roberto foi certeira para Vitor Hugo, que finalizou de cabeça e deixou tudo igual no marcador. Com isso, o Verdão se meteu ao ataque em busca do gol da virada, mas acabou sendo surpreendido logo aos 40 minutos, quando Jô completou no fundo das redes após boa assistência de Josué.

O desespero tomou conta da torcida e dos jogadores do Palmeiras. O tempo corria e a chance de conseguir ao menos empatar novamente parecia cada vez mais longe de acontecer. Mas mesmo assim a equipe não desistiu. Após forte pressão nos minutos finais, o Palmeiras conseguiu encontrar o caminho para deixar seu último tento na partida. Aos 49, o último minuto de jogo, Rafael Marques, sozinho, criou a jogada, avançou até a área e finalizou, garantindo ao Verdão ao menos um ponto nesta primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo