Macaé aproveita erros e derrota Santa Cruz na estreia da Série B
Foto: Wellington Araújo/Especial para a Vavel Brasil

O Macaé recebeu o Santa Cruz na tarde deste sábado (9), no estádio Cláudio Moacyr, para fazer a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro. Embalados pelo título pernambucano, o tricolor chegou como favorito, entretanto, falhou bastante nas finalizações e foi castigado pelos donos da casa, que mostraram mais competência no ataque para vencer por 2 a 0, com gols de Fernando Santos e Juninho.

Com o resultado desta tarde, o Macaé soma os primeiros três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro. Com dois gol de saldo, a equipe carioca ficou na segunda colocação. Já o Santa Cruz ocupa a 19ª posição.

O próximo compromisso de Macaé e Santa Cruz será na sexta-feira (15). O Leão enfrentará a equipe do Sampaio Corrêa, às 19h30, no estádio do Castelão, em São Luís, no Maranhão, enquanto o tricolor pernambucano receberá o Paraná, no mesmo horário, no estádio do Arruda, em Recife, Pernambuco.

Tricolor desperdiça várias chances, Leão é eficiente e sai na frente

O Macaé iniciou o embate buscando colocar velocidade no sistema ofensivo para surpreender a defesa do Santa Cruz. Pipico era o jogador mais acionado, contudo, não mostrava qualidade nos chutes. A primeira grande chance pertenceu ao tricolor. João Paulo acertou um belo passe pelo meio-campo e deixou Pedro Castro na cara do gol. Entretanto, o meia-atacante finalizou mal e a bola saiu pela direita do goleiro Ricardo Berna.

O Santa Cruz foi controlando um pouco das ações e fechando os espaços para o Macaé não chegar com tanto perigo. Desta maneira, o embate ficou muito pegado no meio-campo, sem grandes oportunidades no setor ofensivo. O tricolor pernambucano tentava chegar ao primeiro tento com chutes de fora da área, mas em duas tentativas a bola passou longe da meta leonina.

Arriscando um pouco mais no ataque e dominando o embate, o Mais Querido quase abriu o marcador aos 22 minutos, com Anderson Aquino. O atacante aproveitou uma bola dentro da área, puxou para o meio e bateu no canto direito, mas errou o alvo. Pouco tempo depois Aquino teve outra oportunidade. Betinho roubou a bola de Gedil, tocou para o atacante, que saiu na frente de Ricardinho Berna e chutou em cima do arqueiro.

O clube pernambucano foi perdendo vários gols e acabou sendo castigado aos 35 minutos. Após uma bela troca de passes dentro da área, Anselmo fez o pivô para Fernando Santos, que chutou, de primeira, no canto direito e fez a festa da torcida leonina. Um minuto depois a resposta Coral veio com João Paulo. Ele bateu forte de fora da área, mas o goleiro Ricardo Berna fez uma grande defesa. Com isso, a etapa inicial terminou no 1 a 0 favorável ao Leão.

Juninho marca golaço no fim e Leão fica com a vitória

Para o segundo tempo, os técnicos Marcelo Cabo e Ricardinho resolveram manter os mesmos times da primeira etapa. Com a bola rolando, o Macaé voltou ainda mais perigoso e balançou as redes antes dos cinco minutos, mas foi marcado impedimento. No lance, a bola sobrou para Fernando Santos, após tocar na trave, e ele chutou em direção do gol. Com o goleiro Fred batido, a bola já estava entrando, mas o atacante Pipico se precipitou e tocou nela em posição irregular.

O Santa Cruz levou perigo à meta leonino com o volante Bruninho. Ele aproveitou uma bola fora da área e chutou forte, buscando o ângulo direito de Ricardo Berna. O Leão voltou a acertar o travessão aos 13 minutos. Aloísio fez boa jogada, passando por Nininho, pela esquerda e bateu colocado, acertando a trave do goleiro Fred. Com o baixo rendimento na etapa final, o técnico Ricardinho resolveu modificar sua equipe tirando o meia-atacante Pedro Castro e colocando o atacante Nathan.

A inoperância do Santa Cruz no setor ofensivo era visível. Os erros nas finalizações eram grandes e o goleiro Ricardo Berna nem precisa fazer defesas difíceis. Desta maneira, Ricardinho promoveu a entrada do atacante Bruno Mineiro na vaga de Betinho. Já o comandante leonino tirou o volante Gedeil e colocou Dos Santos para reforçar a marcação. Bruno Mineiro assustou Ricardo Berna aos 24 minutos, com uma cabeçada em um cruzamento de Nininho.

Apesar da melhora dos pernambucanos, o Leão foi quem esteve muito perto de balançar as redes. Em um contra-ataque rápido, oriundo de uma falha no meio-campo, Pipico recebeu na esquerda e entrou na área chutando. Fred defendeu dando o rebote e Anselmo ficou com a bola. O centroavante, entretanto, acertou a trave e perdeu um gol incrível. O camisa 9 teve outra grande oportunidade. Ele saiu na cara do gol e bateu rasteiro. Fred falhou, mas conseguiu se recuperar e salvar o tento leonino.

O tricolor partiu para o ataque na busca do empate e isso por pouco não aconteceu aos 40 minutos. O meia-atacante João Paulo chutou forte de fora da área e, mais uma vez, o goleiro Ricardo Berna mostrou qualidade para fazer uma grande defesa. A pressão Coral aumentou e João Paulo ficou no quase novamente. Ele fez uma linda jogada dentro da área, passou pelo goleiro e bateu no canto, mas Brinner salvou.

Já com cartão amarelo, o volante Bruninho recebeu o segundo e foi expulso. No último minuto, o Macaé acabou aumento a vantagem com um golaço de Juninho, que limpou a defesa pernambucana e bateu forte garantindo o 2 a 0.

VAVEL Logo