Sport encerra preparativos para jogo com Chapecoense e Eduardo Baptista não confirma time titular
Meia Régis, que iniciou como reserva contra o alvinegro catarinense, ganha vaga entre os 11 (Foto: Divulgação/Sport)

Na tarde desta terça-feira (12), o Sport encerrou os preparativos para o duelo decisivo da segunda fase da Copa do Brasil, diante da Chapecoense, nesta quarta-feira (13), dia em que o escrete completará 110 anos. Para garantir a classificação e fazer a festa da torcida, o Leão precisa vencer por três ou mais gols de diferença, ou vencer por 2 a 0 no tempo normal e garantir a vaga após disputa de pênaltis.

Com uma mudança forçada e uma dúvida na equipe titular, Eduardo Baptista realizou o último treinamento antes do jogo com o Verdão do Oeste. No CT José Médicis, em Paratibe, o comandante rubro-negro promoveu a entrada de Ewerton Páscoa à titularidade, uma vez que Matheus Ferraz não pode atuar na competição por ter vestido a camisa do Boa Esporte na primeira fase.

A indecisão, porém, fica na armação de jogadas e no setor ofensivo do time leonino. Mesmo sem sair de campo - após levar pancada de Bruno Alves - diante do Figueirense, o meia Élber ainda reclama de dores no local e está precisando tratar uma grande ferida na perna direita, deixando o departamento médico preocupado, porém otimista.

"A princípio nos preocupa porque era apenas uma dor, mas ele continuou jogando. Vamos reavaliá-lo. Estamos otimista porque o atleta não precisou ser substituído", afirmou o médico Amilton Crócia.

Com a interrogação, Baptista deverá optar pela entrada de Régis, que entrou contra o Furacão catarinense e tem grandes chances de começar entre os 11. Com isso, a provável escalação é: Magrão; Oswaldo, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Wendel, Rithely, Diego Souza, Régis (Élber) e Samuel; Joelinton.

VAVEL Logo