Coritiba bate Fortaleza em disputa de pênaltis emocionante e avança à terceira fase da Copa do Brasil
Foto: Divulgação/Coritiba

Nesta quarta-feira (13), Coritiba Fortaleza fizeram um jogo emocionante no Couto Pereira pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Com a vitória por 2 a 1 no tempo normal e por 11 a 10 nos pênaltis, o Coxa bateu o Tricolor do Pici e avançou à terceira fase da competição nacional.

Na próxima fase, o Coxa Branca enfrentará a Ponte Preta, que eliminou o Moto Club com tranquilidade.

Em primeiro tempo equilibrado, Ruy deixa o Coxa na frente

O jogo começou com uma grande intensidade pelos dois lados. O Coritiba, por precisar da vitória, tentava chegar pelas laterais, buscando a velocidade dos laterais Carlinhos e Ivan, enquanto o Fortaleza saía no contra-ataque, buscando a dupla Daniel Sobralense e Cassiano.  Um gol era ótimo para os cearenses.

A primeira grande chance de cada lado ocorreu entre os minutos 17 e 19. Quem chegou primeiro foi o Coxa em cobrança de falta, quando Leandro Almeida cabeceou com perigo. Dois minutos depois, Pio recebeu na intermediária e arriscou com força e veneno. A bola passou tirando tinta da trave do goleiro Bruno.

O duelo seguiu bastante equilibrado com metade da primeira etapa jogada. Os cearenses pareciam estar mais organizados dentro de campo, tocando bastante a bola e envolvendo a defesa dos paranaenses, que paravam na boa retranca armada pelo técnico Marcelo ChamuscaCassiano arriscou de muito longe e assustou a torcida do Coritiba.

Mas após mais um chute perigoso de Pio, os donos da casa chegaram ao gol que abriu o placar. Melhor jogador do time na partida naquele momento, Ruy recebeu com liberdade na entrada da área e arriscou forte de canhota, no canto de Deola, que nada pôde fazer: 1 a 0 Coritiba. O gol deu um "baque" nos cearenses, que não conseguiram fazer mais nada na primeira etapa, que terminou com a vitória dos paranaenses.

Fortaleza empata, Deola falha e decisão vai para os pênaltis

O começo de segunda etapa no Couto Pereira foi extremamente emocionante e movimentada. Logo aos 7 minutos, os cearenses chegaram ao gol de empate, quando Pio cobrou escanteio, a bola passou por toda a extensão da área e Daniel Sobralense cabeceou para o fundo do gol: 1 a 1. No lance seguinte, Tinga invadiu a área e chtou forte para boa defesa de Bruno.

Mas três minutos depois do gol de empate, o Fortaleza falhou de maneira bizarra e proporcionou o segundo gol do Coxa. Após cruzamento, Tinga se enrolou com a bola na pequena área, Deola tentou rasgar, mas a bola pegou no próprio Tinga e sobrou para Rafhael Lucas, que tocou para o fundo do gol: 2 a 1 Coritiba.

Minutos depois, Pio arriscou da entrada da área e quase empatou a partida mais uma vez. O Coxa respondeu com Ruy, que arrematou com força da entrada da área, mas a bola passou por cima. Era lá e cá no Couto Pereira.

As duas equipes alternaram bons momentos na segunda etapa, mas o Fortaleza era o time que mais parecia chegar às redes. Mesmo assim, o tricolor perdeu boas chances, enquanto os paranaenses estavam cansados e não conseguiam chegar à meta de Deola. A partida terminou no 2 a 1 e foi para as penalidades.

Penalidades vão até os goleiros e Bruno classifica Coritiba

A decisão de pênaltis entre Coritiba e Fortaleza foi resumida em qualidade nas cobranças e emoção. Os dez primeiros batedores de cada time foram eficientes. Todos converteram os pênaltis cobrados. A decisão ficou por parte dos goleiros Bruno Deola. Bruno cobrou bem e fez. Deola, por outro lado, chutou muito forte e mandou por cima.

VAVEL Logo