Anderson Aquino marca duas vezes e Santa Cruz goleia Paraná na Série B
Foto: Divulgação/FPF

O Santa Cruz venceu a primeira partida na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio do Arruda na noite desta sexta-feira (15), os tricolores mostraram um bom futebol e, apesar de alguns sustos, não encontraram grandes dificuldades para golear o Paraná por 4 a 1. Rodrigo (contra), Nathan e Anderson Aquino (2x) foram os autores dos gols Coral. Rodrigo também marcou para o tricolor paranaense. 

Com o resultado desta noite, o Santa Cruz somou os primeiros três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro e assumiu, momentaneamente, a quarta colocação. Já o Paraná ficou na 11ª posição, com três pontos, mas o saldo de gol é de -2.

O próximo compromisso do Santa Cruz na Série B do Campeonato Brasileiro será sábado (23). Os tricolores vão até Minas Gerais enfrentar o América-MG, às 16h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Já o Paraná voltará a atuar, no mesmo dia e horário, contra o Boa Esporte, no estádio Durival Britto, em Curitiba.

Cobra Coral marca logo no começo, mas perde o ritmo e sofre o empate 

O Santa Cruz começou o embate buscando pressionar o adversário a todo custo. Mesmo dando alguns espaços, os pernambucanos estavam mais presentes no setor ofensivo e acabaram sendo premiados com um tento aos seis minutos. O meia-atacante João Paulo cobrou uma falta pela esquerda e a defesa do Paraná ficou apenas olhando, Danny Morais desviou e o zagueiro Rodrigo acabou mandando contra o próprio gol.

Com o gol do Mais Querido, a equipe paranaense resolveu sair na busca pelo empate e deu espaços ao adversário. No contra-ataque, os donos da casa quase ampliaram o marcador. João Paulo acertou um lindo passe pelo meio, o atacante Anderson Aquino entrou na área e chutou forte, assustando o goleiro Marcos. Os corais continuaram com espaços, entretanto, a finalização não estava saindo bem.

O Santa Cruz encontrava facilidade para passar pela defesa paranaense. Com isso, o segundo tento não saiu por muito pouco aos 21 minutos. Depois de uma cobrança de escanteio, o atacante Bruno Mineiro subiu livre, cabeceou buscando o canto direito e a bola passou perto da trave. A primeira boa finalização do Paraná aconteceu com Rafael Costa, que bateu forte da entrada da área e o goleiro Fred segurou firme.

Com o passar do tempo, o confronto perdeu o ritmo e ficou sonolento. Os pernambucanos não criavam mais chances claras, enquanto os paranaenses tinham a posse de bola, mas não levavam perigo. Contudo, os visitantes conseguiram igualar o marcador na bola parada. Paulo Henrique cobrou falta e o zagueiro Rodrigo, que havia marcado contra, mandou no fundo das redes. Desta maneira, a etapa iniciou ficou no 1 a 1.

Corais melhoram o aproveitamento nas finalizações e ficam com a vitória 

Para o segundo tempo, o técnico Ricardinho resolveu fazer uma alteração. Bruno Mineiro saiu para a entrada de Nathan. Já o treinador Nedo Xavier preferiu manter a formação da etapa inicial. Com a bola rolando, o Santa Cruz teve uma boa chance logo no primeiro minuto, com Nathan, que aproveitou um cruzamento de Nininho e cabeceou, com perigo, buscando o canto direito.

O atacante Nathan entrou muito bem. Ele recebeu um belo lançamento do meia-atacante Pedro Castro, deu um lindo drible no zagueiro adversário e chutou forte, entretanto, o goleiro Marcos fez grande defesa e evitou o gol. Os corais pressionaram bastante, mas o ataque continuava pecando. Nathan fez uma jogada de velocidade pela esquerda e tocou para Anderson Aquino. O atacante, na entrada da área, finalizou para fora.

O segundo gol Coral estava próximo de acontecer, pois os paranaenses não conseguiam controlar o embate. O tento saiu aos 11 minutos, com o jovem Nathan. Na jogada, João Paulo não deixou a bola sair pela linha de fundo, tocou de calcanhar para Renatinho, que foi até a linha de fundo e cruzou para Nathan cabecear forte, sem chances para o goleiro Marcos.

Com os donos da casa na frente, o técnico Nedo Xavier promoveu duas alterações. Ele tirou Jean e Paulo Henrique e promoveu as entradas de Danilo Baia e Fernando Viana, respectivamente. Mesmo assim, o Santa Cruz continuava sendo o dono jogo e, sem encontrar resistência do visitantes, Anderson Aquino aproveitou um cruzamento da direita, mandou para o fundo do gol.

Anderson Aquino ainda voltou a balançar as redes aos 37 minutos, quando ficou cara a cara com Marcos, apenas tirou do alcance do arqueiro e decretou a vitória do Mais Querido.

VAVEL Logo