Atlético-PR vence Joinville e dorme na liderança do Brasileirão
(Foto: Bruno Baggio/Atlético Paranaense)

Nesse sábado (30), o Joinville recebeu o Atlético Paranaense, na Arena Joinville, em Joinville. A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2015 e terminou 2 a 1 para o rubro-negro paranaense. Nikão e Douglas Coutinho marcaram para os visitantes, enquanto Rafael Costa descontou para os mandantes.O jogo foi marcado pela volta do clube paranaense ao estádio catarinense. O último jogo dos paranaenses no estádio foi em vitória por 5 a 1 diante do Vasco da Gama, jogo marcado pelo rebaixamento do clube carioca e da batalha que aconteceu nas arquibancadas.

Com o resultado, o Joinville permanece na última colocação, com 1 ponto em 4 jogos, enquanto o Atlético-PR dorme na liderança do Campeonato Brasileiro, com 9 pontos em 4 jogos.

O Joinville volta a campo na próxima quarta (03), quando enfrenta a equipe da Chapecoense, na Arena Condá, as 19h30. Já o Atlético-PR terá pela frente o Figueirense, na Arena da Baixada, na quarta (03), também as 19h30.

Um Atlético preciso em campo e um Joinville apático

Apesar de ser o visitante, o Atlético-PR começou o jogo pressionando o adversário, mas a primeira tentativa de criar algum lance de perigo foi do Joinville, Sueliton avançou e tentou o cruzamento, mas pegou mal na bola e mandou ela pela linha de fundo. Na primeira chance de perigo do Furacão, com Douglas Coutinho recebendo cruzamento na grande área de Natanael, o árbitro marcou falta do zagueiro Gustavo.

O Joinville dominava a posse de bola, com 65%, mas esbarrava na marcação rubro-negra, que apostava nos contra-ataques para causar perigo aos catarinenses. Giovanni, que estreava com a camisa atleticana, quase abriu o placar, o meia arriscou de longe, sem marcação. A bola pegou efeito, mas o goleiro Oliveira fez linda defesa e impediu o gol. Mas Oliveira não impediu o gol de Nikão, um minuto depois. Cléo cruzou na área, o volante Renato dominou, mas dá bobeira, e Nikão aproveitou para bater cruzado, sem chances para o arqueiro. Em seguida veio mais, Eduardo cruzou para a área, Cléo errou o cabeceio mas a bola sobrou para Douglas Coutinho, que bateu firme e ampliou para os paranaenses.

Abatido após os dois gols, o Joinville foi obrigado a mexer na escalação, o atacante Rafael Costa entrou no lugar do volante Naldo, para correr atrás do prejuízo. Mas quem quase ampliou foi o Atlético, Hernani limpou a marcação e chutou forte da entrada da área, a bola passou muito perto do gol. No fim da primeira etapa, a equipe da casa quase diminuiu o marcador, Tiago Luis cobrou escanteio na medida para Jael, que cabeceou forte mas parou em Weverton, que fez grande defesa.

Joinville tenta mas a vitória é do Furacão

Buscando fazer algo na partida, o técnico Hemerson Maria abriu o time, sacando o meia Marcelinho Paraíba e colocando em campo mais um atacante, Niltinho. E quem quase ampliou foi o Atlético, logo aos cinco, Nikão cruzou para a área, a zaga afastou no pé de Otávio, que bateu firme, para defesa do goleiro Oliveira, salvando os catarinenses de sofrerem mais um gol.

A partida seguiu morna, sem nenhuma grande chance para os dois lados. No lado do Furacão, Giovanni, que fez sua estréia com a camisa rubro-negra, deu lugar à Jadson. O jogo continuava morno até que o Joinville conseguiu diminuir o marcador, após cruzamento da direita, Rafael Costa subiu mais que todos e fez o primeiro do Joinville, animando o torcedor na arquibancada. Após isso, nenhum lance de perigo e números finais no jogo.

VAVEL Logo