Após grande vitória no clássico, Palmeiras recebe Chapecoense para embalar no Brasileirão
(Foto: Natália Furlan/VAVEL Br)

Após mais uma importante vitória em um clássico, a confiança parece ter voltado ao elenco do Palmeiras, que agora tenta continuar crescendo para alcançar os líderes da competição. E, visando manter o bom momento, a equipe paulista recebe nesta quarta-feira (1°), no Allianz Parque, a equipe da Chapecoense em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Na última partida, o Verdão atropelou o rival São Paulo, jogando também diante de sua torcida, aplicando uma goleada por 4 a 0, com destaque para o bom desempenho de Egídio nas assistências. Com o triunfo, o clube subiu três posições e está no 11° lugar com 12 pontos e tem uma das melhores defesas da competição.

Já a Chape entrou em campo na Arena Condá para receber o líder do torneio, o Sport. Em uma partida com poucas chances de gol e muito equilibrada, o Leão saiu na frente do placar no primeiro tempo. O time da casa conquistou o empate apenas aos 42 minutos da etapa final. Com o ponto garantido, os catarinenses permaneceram na 9ª posição, com 13 pontos.

O histórico de confronto entre os dois adversário desta quarta não é tão grande. Ao todo, aconteceram apenas quatro encontros. O mais curioso é que o Verdão do Oeste leva a melhor em relação aos paulistanos. Até o momento são dois triunfos para a Chapecoense contra apenas um do Alviverde, além de um empate. Na última ocasião em que se enfrentaram, novembro de 2014, a Chape venceu por 1 a 0 com gol de Bruno Rangel.

Marcelo Oliveira deve escalar mesma equipe do clássico

A velha máxima do futebol, "em time que está ganhando, não se mexe" deve ser levada em consideração pelo técnico Marcelo Oliveira. O treinador palmeirense deve ter a mesma formação que venceu o Choque-Rei para o duelo contra a equipe do sul do país. O segredo para triunfar novamente, como o próprio comandante revelou, é manter a boa marcação e atacar de forma fulminante.

"Nós fizemos um jogo muito bom, consistente e equilibrado. Tínhamos uma proposta e tentamos trabalhar isso durante a semana, que é a marcação forte. (...) A ideia era apertá-los no campo de ataque e botar velocidade quando fosse possível", revelou.

O lateral esquerdo Egídio, grande destaque do clássico por suas assistências, concedeu entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta terça-feira (30) e ressaltou que é preciso entrar com a mesma concentração do Choque-Rei em todos os jogos.

"Não podemos fazer um grande jogo e nos omitir com os outros times. O que nos cobramos no clássico foi o nosso vigor e a nossa concentração. O que mais tivemos no clássico foi a concentração, pois qualidade e eficiência todos têm. Quando a gente joga concentrado, nós temos bons resultados. Estamos mentalizando jogo a jogo e será difícil de a gente perder fazendo isso", alertou.

Sem Ananias, Verdão do Oeste pode ter Wagner entre os titulares

Em relação à equipe que enfrentou o Sport, o técnico Vinícius Eutrópio acabou tendo uma baixa confirmada para o confronto em São Paulo. O atacante Ananias, que realizou exame de ressonância magnética na segunda-feira (29), teve lesão constatada no joelho esquerdo e está fora. Além dele, Bruno Silva, que sentiu o joelho direito, também será desfalque.

Para o lugar de Ananias, o treinador da Chape pode escalar o meio campo Wagner ou Hyoran, principalmente devido a sua velocidade. O técnico também confirmou em rápida entrevista que contará com a volta de Gil e manterá Cleber Santana na equipe titular.

"São dois desfalques importantes, mas é importante ressaltar nossas peças de reposição, é um mérito que o clube e a diretoria têm. Teremos a manutenção do Cleber (Santana), a volta do Wagner, tem a opção do Hyoran. (...) Vamos respeitar, como todos os adversários, mas temos que saber do nosso poder e que o nosso momento é muito bom em relação aos jogos", avisou.

Mas não é só de notícias ruins que vive a torcida do Verdão do Oeste. O  Joinville aceitou liberar o meia-atacante Tiago Luís para atuar pelo time verde e branco. Dessa forma, o atleta volta para o clube em que esteve até o final do ano passado e será mais um jogador de velocidade para o comandante Eutrópio.

VAVEL Logo