Vasco recebe Ponte Preta em busca da primeira vitória no Brasileirão
(Foto: Divulgação/Vasco da Gama)

Em diferentes situações, Vasco Ponte Preta se enfrentam nesta quarta feira (3) em partida válida pelo Campeonato Brasileiro em São Januário, às 19h30. O Cruzmaltino precisa vencer após quatro rodadas e nenhuma vitória e somente 3 pontos acumulados até aqui, e ocupando a 17° posição. A Macaca busca sua terceira vitória para se manter entre os quatro melhores que vão para a Libertadores, até o momento ocupa a 3° colocação com 8 pontos.

Depois de perder fora de casa para o Atlético-MG, o Vasco voltou a treinar finalizações e vai ter o retorno de Dagoberto, que estava suspenso por conta do terceiro cartão amarelo que levou contra o Inter.

O técnico Guto Ferreira fez uma única mudança no time que venceu a Chapecoense por 3 a 1 no último sábado (30), colocou o meia Felipe Azevedo no lugar de Rildo. A delegação embarcou nesta terça feira (2) para o Rio de Janeiro após o almoço.

Dagoberto volta ao time e Jordi treina entre os titulares

Em São Januário, Doriva separou o time em atividades diferentes, a maioria dos titulares ficaram somente na academia, enquanto os resevas treinaram no gramado. O Vasco vai ter de volta o meia Dagoberto, e irá promover a entrada do garoto Jordi, goleiro prata da casa, já que Martín Silva vai se apresentar à seleção uruguaia para a disputa da Copa América.

Em coletiva, o lateral direito Madson expressou a importância que vai ser vencer a Ponte Preta devido a situação que o time se encontra. Para ele o Vasco tem capacidade de fazer uma boa partida diante dos visitantes.

"Claro que essa situação incomoda. Trabalhamos todos os dias para vencer. Só contra o Atlético-MG que não fomos contundentes. Nos outros três jogos até produzimos bastante, mas os gols não saíram. Jogar contra o Galo lá é muito difícil. Não dá para lamentar muito. Futebol é dinâmico. Na quarta já temos a chance de mudar essa história em casa, diante do nosso torcedor. Temos totais condições de fazer um bom jogo contra a Ponte", expressou o lateral.

Guto promove Felipe Azevedo e critica Rildo: "Ou se engaja, ou está fora"

Ao ser substituido no jogo contra a Chapecoense, o atacante Rildo se irritou com o auxiliar Alexandre Faganello, e isso rendeu uma muita no salário do jogador e perda da vaga de titular para o meia Felipe Azevedo,

Guto tentou evitar mais pôlemicas envolvendo o atacante por conta desse episódio, mas não concorda com a atitude que Rildo tomou em em campo.

"É ação e reação. O grupo sabe que tem comando. Não expusemos o jogador, o fato foi resolvido. Vocês (jornalistas) sabem o que aconteceu. É vida que segue. Passou. Mas não vamos admitir. Ou se engaja ou está fora. Não podemos perder o todo por uma peça que não se ajustou. Foi um erro, e ele sabe disso", afirmou o técnico.

Para esté confronto diante do Vasco, o treinador enfatizou a bola parada, que tem sido a principal arma do Cruzmaltino no ano, e até mesmo para saber aproveitar as jogadas no ataque.

VAVEL Logo