Santa Cruz leva vantagem sobre Náutico no retrospecto do Clássico das Emoções
Última vitória coral ocorreu no primeiro turno do Hexagonal do Título da última edição do Pernambucano (Foto: Natália Furlan/VAVEL Brasil)

Santa Cruz leva vantagem sobre Náutico no retrospecto do Clássico das Emoções

Tricolores acumulam 35 vitórias a mais do que os alvirrubros no clássico; clássico deste sábado (11) será o 506º da história

luisfranciscoprates
Luís Francisco Prates

Neste sábado (11), na Arena PernambucoNáutico e Santa Cruz escreverão mais uma página do Clássico das Emoções. A rivalidade entre alvirrubros e tricolores começou no dia 26 de maio de 1918, data do primeiro duelo entre as equipes recifenses. Naquele dia, os times empataram em 1 a 1. Manoel Lopes marcou para o Timbu, enquanto Tiano balançou as redes para a Cobra Coral. Antônio Almeida foi o árbitro da partida disputada no antigo Campo da Jaqueira.

De lá para cá, Náutico e Santa se enfrentaram em outras 504 oportunidades. O retrospecto é favorável ao Tricolor das Repúblicas Independentes do Arruda. São 196 vitórias contra 161 do Alvirrubro da Rosa e Silva e 145 empates. A última vitória coral veio no primeiro turno do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano de 2015: 2 a 1, de virada, na Arena Pernambuco, palco do confronto.

A última vez que o Timbu superou o rival dentro de campo foi em 2013, no jogo de volta da semifinal do Campeonato Pernambucano, disputado no Estádio dos Aflitos. Mas nem houve tanto clima para comemoração. Apesar da derrota por 2 a 1, os tricolores se classificaram para a grande decisão do Estadual por terem marcado um gol na casa do adversário - o jogo de ida, no Arruda, foi 1 a 0 para o Santa Cruz.

Mesmo em desvantagem nos dados gerais, Náutico comemorou mais títulos sobre o rival

Clube Náutico Capibaribe e Santa Cruz Futebol Clube já fizeram 16 finais de Campeonato Pernambucano. E quem deu mais voltas olímpicas foi o lado vermelho e branco de Recife: foram nove títulos contra sete vice-campeonatos.

Os alvirrubros soltaram o grito de "É campeão!" nas decisões de 1934, 1960, 1974, 1984, 1985, 1989, 2001, 2002 e 2004. Já os tricolores levantaram a taça nas finais de 1946, 1959, 1970, 1976, 1983, 1993 e 1995.

A última final entre Santa Cruz e Náutico coincidiu com a conquista do Timbu. Em 2004, após ter perdido pelo placar mínimo nos Aflitos, os comandados de Zé Teodoro necessitavam de uma vitória por, no mínimo, dois gols de diferença em pleno Arruda para conquistar o Estadual. Com três minutos de jogo, já venciam por 2 a 0, com gols de Batata e Jorge Henrique. No segundo tempo, Kuki sacramentou o título.

Desde o hexacampeonato contra o Sport nos anos 60, o clube da Rosa e Silva comemorou apenas sete títulos estaduais. Todos contra o Tricolor do Arruda. Uma delas, a de 1974, impediu o Hexa do Santa e manteve a exclusividade do feito para o Náutico. 

A última conquista do Santa Cruz frente ao Timba, em 1995, veio com gols de Amarildo e Da Silva, na vitória por 2 a 0. Comandados por Fito Neves, os corais tinham a vantagem do empate no segundo jogo, pois venceram a ida, nos Aflitos, por 1 a 0, com tento de André Jacaré. Mais de 45 mil torcedores compareceram à festa no Arruda.

Corais comemoraram mais vitórias no novo palco do clássico

O primeiro Clássico das Emoções da Arena Pernambuco, estádio inaugurado em 2013 para receber partidas da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, ocorreu no dia 23 de março de 2014. Em partida válida pelo Campeonato Pernambucano e recheada de gols, o Santa Cruz venceu por um placar pouco comum: 5 a 3.

O Náutico saiu na frente com Hugo, mas os gols de Renan Fonseca, Izaldo (contra), Léo Gamalho (duas vezes) e Carlos Alberto deram a vitória aos tricolores. Elicarlos e William Alves evitaram a goleada, mas não o vexame alvirrubro no primeiro clássico contra o rival de três cores em sua "nova casa".

Depois do passeio tricolor, outros três Clássicos das Emoções foram jogados na Arena. Um pela Série B, que terminou empatado em 0 a 0, e dois pelo Estadual, com novo empate sem gols e outra vitória do Mais Querido, dessa vez por 2 a 1. Neste sábado (11), o Timbu buscará vencer a Cobra Coral pela primeira vez na nova praça esportiva do Estado de Pernambuco.

VAVEL Logo

Futebol Brasileiro Notícias