Pré-jogo: Buscando Libertadores, Fluminense e Palmeiras iniciam duelo nas semifinais
Foto: Divulgação/Fluminense

Com o início das semifinais da Copa do Brasil, não há como não sonhar com o título e a tão desejada vaga para a Copa Libertadores. É pensando nisso que Fluminense e Palmeiras, em momentos distintos no Campeonato Brasileiro, iniciam um dos embates nesta quarta-feira (21), no Maracanã, às 22h (horário de Brasília) para definir quem avança até a grande final do torneio.

Na partida anterior pela competição, o Tricolor encarou um duelo muito disputado contra o Grêmio. Após a queda de rendimento no Campeonato Brasileiro e a crise instaurada na equipe, o Flu chegou desacreditado para encarar os gaúchos, mas depois de um empate sem gols no Rio de Janeiro, a equipe conseguiu a tão suada classificação após Fred abrir o placar no Rio Grande do Sul e garantir o avanço para a fase seguinte com o placar de 1 a 0.

O Verdão também não teve vida fácil. A equipe paulista fez o caminho inverso dos tricolores e foi primeiro a Porto Alegre para desafiar o Internacional. Após Lucas Barrios perdeu um pênalti, o placar de 1 a 1 desanimou um pouco os torcedores. Já no Allianz Parque, tudo parecia estar tranquilo quando o placar já apontava 2 a 0, entretanto os colorados chegaram ao empate e Andrei Girotto instantes depois, marcou de cabeça para levar sua equipe às semifinais com o resultado de 3 a 2.

Esse será o 102° jogo entre os adversários. No histórico de confrontos são 53 vitórias para o time de Palestra Itália, contra 32 do Flu. Além disso, foram registrados 16 empates. O último encontro entre ambos neste ano, no segundo turno do campeonato nacional, terminou com triunfo verde e branco, por 4 a 1, no Rio de Janeiro com três gols do paraguaio Lucas Barrios e um de Gabriel Jesus. Jean descontou para os cariocas.

Flu pode ter os desfalques de Marcos Júnior e Marlon; Breno Lopes volta

Para conquistar a vaga na grande final da Copa do Brasil, o técnico Eduardo Baptista já sabe que seu time precisa se recuperar rapidamente da derrota no Brasileirão diante do Cruzeiro, errar menos e focar totalmente na nova competição.

Precisamos tentar ver o lado bom e mostrar os erros. Deixamos de marcar e temos que levar isso como aprendizado. Houve também coisas boas. Não temos muito tempo, mas vamos conversar e tentar ajustar”, ressaltou.

Mas a vida do técnico não será tão fácil assim. O atacante Marcos Junior e o zagueiro Marlon podem desfalcar a equipe no importante jogo contra o Alviverde. O primeiro segue em tratamento de uma pubalgia e o segundo, com menos dores no joelho esquerdo, ainda tem chance de ser relacionado. Ambos saíram de campo lesionados contra os mineiros. Além deles Pierre e Wellington Silva continuam de fora.

Baptista aproveitou também para comentar sobre a entrada do jovem lateral esquerdo Ayrton, que fez sua estreia pelos profissionais no Mineirão. O comandante elogiou o garoto, mas deu sinais de que o retorno de Breno Lopes deve acontecer.

O Breno Lopes foi bem contra o São Paulo, nada mais justo que ele volte. Mas o Ayrton deixou o cartão de visitas. Podemos contar com ele a qualquer momento. Que seja o início de uma carreira de sucesso”, destacou.

Palmeiras vai com força máxima, mas sem Robinho

Na vitória por 3 a 1 contra o Avaí no sábado, o técnico Marcelo Oliveira optou por poupar boa parte de seu elenco. Principalmente com boa atuação do trio argentino, o Verdão chegou a vitória e de quebra o treinador pode ter encontrado uma solução para um de seus problemas.

O meio campo Robinho continua de fora, em recuperação, e a boa atuação de Augustín Allione pode lhe render uma vaga na equipe no setor de criação. Cristaldo, em entrevista coletiva nesta segunda (19), comentou sobre a atuação dos “hermanos”.

Não sei se pudemos criar dúvida, mas os três (argentinos) estão aqui para somar. Sabemos que podemos ajudar muito, tanto nós quanto os outros jogadores que jogaram. Jogamos 11, não fizemos só nós três. O Jesus jogou muito, o Girotto saiu no intervalo com cartão, mas fez boa partida. Qualquer um dos caras pode gerar uma dúvida no Marcelo”, argumentou.

Novamente para a Copa do Brasil, o treinador alviverde terá o problema de não poder contar com Thiago Santos e Alecsandro, que já atuaram por outras equipes no torneio. Com as contusões de Arouca e Gabriel, Oliveira terá apenas a opção de Amaral, Andrei e o garoto Matheus. Os dois primeiros ainda não mostraram grande futebol, mas irão para o jogo. A outra opção é utilizar Zé Roberto no meio, mas ele também pode aparecer na lateral esquerda no lugar de Egídio.

VAVEL Logo