Martelotte confirma Santa Cruz para jogo com Atlético-GO, mas espera definição de João Paulo
“Vamos em busca dos três pontos que nos mantém na briga”, disse Marcelo Martelotte (Foto: Antônio Melcop/Santa Cruz)

O técnico Marcelo Martelotte não adotou o mistério para o confronto com o Atlético-GO, no estádio Serra Dourada, em Goiás, pela 32ª rodada da Série B. Ainda sem saber se poderá contar com o meia-atacante João Paulo, o comandante do Santa Cruz confirmou que o tricolor entrará em campo bastante modificado, sendo Marlon e Anderson Aquino as maiores surpresas na escalação.

Marlon vai ganhar a vaga de Allan Vieira na lateral-esquerda, enquanto Anderson Aquino entrará no lugar do lesionado Grafite. Aquino, inclusive, passou várias rodadas preterido pelo treinador, que resolveu optar pelo atleta para ganhar velocidade no setor ofensivo e explorar a amplitude do Serra Dourada.

“Optamos por fazer algumas alterações por característica do jogo do nosso time. Conheço bem o adversário e sei das nossas necessidades. Imaginei ter o Anderson Aquino na frente para que tenhamos um time mais rápido no setor ofensivo, para explorar a amplitude do estádio Serra Dourada”, revelou o treinador.

O técnico Marcelo Martelotte vai esperar uma resolução do caso envolvendo o meia-atacante João Paulo, que inclusive pode ficar fora do restante da Série B caso não consiga prorrogar seu contrato com o Internacional. O treinador não escondeu a preocupação com a situação. Caso o atleta não possa jogar, Bruninho será seu substituto.

“Dificilmente o João Paulo vai participar do jogo com o Atlético-GO. Não sei se ele viaja conosco para Goiás. É logico que o jogador vai fazer muita falta, pois de sido muito importante nesta Série B. Perder um jogador como esse é difícil e chega até ser frustrante por ser em uma reta final. Mas sempre tratei de valorizar o elenco e, caso a ausência de João Paulo seja confirmada, vamos procurar soluções”, destacou o treinador.

Martelotte avaliou a partida como decisão e preferiu não se preocupar com questão de retrospecto. O comandante aponta também para necessidade de conquistar os três pontos para continuar na luta pelo acesso à Série A.

“Não acredito que retrospecto tenha algum peso. O que vale mesmo é o momento. O Atlético-GO está muito bem nas últimas rodadas. Mas a partida realmente tem um caráter decisivo. E vamos em busca dos três pontos que nos mantém na briga”, pontuou.


Em relação ao adversário, que inclusive foi treinador por Martelotte, o comandante avalia que não acontecerá muitas modificações desde sua saída. No entanto, ele destaca que alguns reforços deixaram o time com mais qualidade.

“O Atlético-GO teve o retorno de atletas importantes, como o Jorginho e o Júnior Viçosa. Não teve muita mudança. É quase o mesmo time que eu treinava. Mas eles encontraram reforços que deram bastante qualidade ao time”, encerrou.

Para o confronto, os tricolores, além das outras três alterações, vão contar com a presença do meia-atacante Daniel Costa, suspenso na última rodada, na vaga de Renatinho. Os pernambucanos vão entrar em campo da seguinte maneira: Tiago Cardoso; Vitor, Alemão, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, Bruninho (João Paulo) e Daniel Costa; Luisinho, Anderson Aquino e Lelê.

VAVEL Logo