Rogério Ceni reclama de chances perdidas durante a partida: “Poderia ter sido 5 a 3”
"Uma pena que não estávamos em um dia bom", lamentou Rogério Ceni (Foto: Rubens Chiri/São Paulo)

Em noite chuvosa no Morumbi, o São Paulo não conseguiu usar o fator campo e perdeu a primeira partida da semifinal da Copa do Brasil 2015 para o Santos, por 3 a 1. A equipe santista saiu na frente com o garoto Gabriel e logo depois o tricolor empatou a partida com o gol de Alexandre Pato, o jogo só foi definido após os tetos anotados por Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel, fechando a vitória santista.

A definição do resultado passou pela precisão das chances que o Santos teve durante o jogo e soube aproveitar, enquanto o São Paulo criou muitas oportunidades, mas não conseguiu concluir as jogadas. Para o capitão do São Paulo, Rogério Ceni, a equipe não conseguiu aproveitar as oportunidades, sendo fundamental no placar final.

"Não existe o justo e o injusto no futebol. Agora, tivemos cinco oportunidades de gol claríssimas. O time lutou, tentou de todas as maneiras, mudou estilo de jogar, com dois jogadores de área. Uma pena que não estávamos em um dia bom. Poderia ter sido 5 a 3", disse o goleiro no final da partida.

"As oportunidades, para nosso time, apareceram mais até do que para o Santos, mesmo com a nossa derrota. É uma pena que não conseguimos concluir as chances que tivemos para ficarmos em uma situação melhor", lamentou Rogério Ceni.

No confronto de volta, marcado para a próxima quarta-feira (28), na Vila Belmiro, o Santos pode perder por até 2 a 0 para avançar. A vaga na final será decidida nos pênaltis se o São Paulo devolver o placar de 3 a 1.Antes do confronto, entretanto, os tricolores terão que se preocupar com a Série A do Campeonato Brasileiro, na qual vão entrar em campo no final de semana para fazer um duelo com o Coritiba, visando continuar firme na luta pelo G-4.

VAVEL Logo