Pré-Jogo: Macaé recebe lanterna Mogi Mirim tentando se afastar do Z-4
Foto: Divulgação/Macaé

Nesta sexta feira (23), o Macaé recebe o Mogi Mirim para um confronto pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. A partida acontece no Estádio Claudio Moacyr, em Macaé, às 21h00 (horário de Brasília). O jogo, que pode marcar as pazes do Macaé com a vitória, é muito importante para ambos na luta contra o rebaixamento.

O time fluminense busca voltar a somar três pontos e se afastar do Z-4. Já no lado paulista, o pensamento é jogo a jogo, já que a equipe, que ainda sonha com permanência na Série B, ocupa a última colocação, com apenas 22 pontos ganhos, 13 a menos que o próprio Macaé, primeiro clube fora da temida zona da degola.

Vindo de empate diante do Paysandu, a equipe de Josué Teixeira luta com o que tem à disposição pelos pontos que a livrariam do descenso. No lado do Sapo, a derrota para o Atlético-GO, dentro de casa, na última rodada fez o aleta ficar mais vermelho ainda. Daqui para frente só resta vencer para seguir sonhando com algo além da terceira divisão brasileira.

A arbitragem ficará à cargo de um trio baiano. Johnn Herbert Alves Bispo comanda o time de arbitragem, que contará também com os auxiliares José Raimundo Dias da Hora e Paulo Tarso Bregalda Gussen. Os três fazem parte do quadro de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Frauches é a única dúvida do técnico Josué Teixeira

A quinta-feira (22) foi derradeira para a definição do time titular que enfrentará o Mogi Mirim, no Moacyrzão. A atividade realizada no local da partida contra o Mogi apontou várias novidades na equipe em relação ao grupo que enfrentou o Paysandu, em Belém, no último sábado.

Entre as novidades, Diego e Pipico voltam de suspensão. Outro atleta que se ausentou pelo acumulo de cartões foi Alisson. O meia, que atuou diante do Rio São Paulo, pela Copa Rio durante a semana, deverá ficar no banco. Outra, e talvez a maior novidade, é Fernando Neto. Apresentando bom futebol nos últimos jogos, desbancou Aloísio, que terá de se contentar com o banco.

A dúvida de Josué ficará apenas atrelada à Frauches. O zagueiro fraturou o nariz e foi liberado da atividade na manhã de quinta-feira (22), podendo ser poupado para o compromisso da 32ª rodada. A fratura aconteceu na partida diante do Paysandu. O atleta sofreu uma forte pancada na face no final do primeiro tempo e precisou atuar o restante do jogo com uma máscara de proteção, sempre apontada pelos atletas como bastante incômoda.

Um exame detalhado apontou a fratura, fazendo com que o atleta precisasse viajar até o Rio de Janeiro para se consultar com um especialista, retornando à Macaé em seguida. O Departamento Médico do clube deverá liberá-lo, ou não, momentos antes da partida se iniciar.

Com muitos problemas, Sapo deverá ter goleiro do Sub-20 como titular

Estar na última posição não é fácil, mas perder os três goleiros para o confronto contra o Macaé, fora de casa, é muito mais difícil. Essa é a vida do Mogi Mirim nesta semana. Com Daniel machucado, Mauro suspenso e André Luiz se recuperando de artroscopiano joelho, a “bola da vez” é o jovem Gustavo. Atleta oriundo da equipe Sub-20, jamais atuou entre os profissionais do Sapo, e deverá entrar nesta fogueira, para tentar de fato, “agarrar” a chance de mostrar seu talento ao técnico Márcio Goiano.

O goleiro Daniel deixou o campo na última partida, diante do Atlético-GO, com dores musculares, e será reavaliado durante a semana pelo Departamento Médico. No seu lugar entrou Mauro, que recebeu o terceiro cartão amarelo e não poderá atuar.

A lógica seria a entrada de André Luiz, mas o terceiro goleiro do profissional, e titular no Sub-20, se recupera de uma artroscopia no joelho direito, também desfalcando a equipe. Desta forma, sobra essa bola fervendo nas mãos de Gustavo, reserva do Sub-20 e agora, responsável em evitar que a defesa do Mogi seja furada em Macaé.

VAVEL Logo