Atlético-GO e Santa Cruz pecam nas finalizações e ficam no empate sem gols
Foto: Divulgação/CBF

Atlético-GO e Santa Cruz entraram em campo nesta tarde de sábado (24) para fazer um confronto válido pela 32ª rodada da Série B, no estádio Serra Dourada, em Goiás. Os dois times não conseguiram mostrar um bom aproveitamento nas finalizações e acabaram ficando em um empate sem gols, que deixa acabou sendo ruim para a pretensões de ambos na competição nacional.

Com o resultado desta tarde, o Atlético-GO continua na 12ª colocação, com 42 pontos. O time rubro-negro chegou ao décimo jogo sem ser derrotado da competição, no entanto, vê o sonho de acesso à Série A ficar cada vez mais complicado por conta da grande distância. Já o Santa Cruz perdeu a oportunidade de encostar no G-4 novamente, mas subiu uma posição. Agora, os tricolores estão no sexto lugar, com 49 pontos, cinco a menos que o Bahia, quarto colocado.

A próxima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terá início na terça-feira (27). No entanto, o Atlético-GO só entrará em campo na sexta-feira (30), quando receberá o Ceará, às 21h00 (de Brasília), no estádio Serra Dourada, em Goiânia, Goiás. Já o Santa Cruz atuará na terça-feira (27) diante do Criciúma, às 21h30 (de Brasília), no estádio do Arruda, em Recife, Pernambuco.

Santa Cruz é melhor, mas não aproveita oportunidades e etapa fraca tecnicamente fica no empate

O confronto começou com os dois times se estudando bastante, com medo de se atirar para o ataque e dar possibilidade de contra-ataque para o adversário. Assim, inclusive, foi como chegou o Dragão perigosamente aos seis minutos, quando a bola foi lançada para Willie e o atacante deixou a defesa Coral para trás, mas o goleiro Tiago Cardoso saiu muito bem da meta e evitou qualquer complicação.

A resposta do tricolor pernambucano veio na bola parada. Sempre perigoso, Daniel Costa mandou a bola para área e Anderson Aquino apareceu livre na pequena área, mas acabou mandando para longe da meta, perdendo uma grande chance. Em contra-ataque, o Dragão também chegou assustando. No entanto, o atacante Júnior Viçosa não conseguiu concluir uma bola que passou na sua frente na pequena área e a arbitragem marcou impedimento.

O Atlético-GO encontrava bastante dificuldade para trabalhar a bola em seu meio-campo e, assim, apostava nos cruzamentos na área, mas sequer conseguia finalizar para assustar Tiago Cardoso. O Santa Cruz apostava na velocidade, entretanto, também falhava nas conclusões e, algumas vezes, no último. Com isso, o confronto foi ficando sonolento durante grande parte da etapa inicial. 

Nos minutos finais, o Mais Querido teve uma grande oportunidade, quando Lelê recebeu livre na esquerda de ataque, avançou com perigo, mas acabou cruzando muito mal para Luisinho, que não conseguiu finalizar. No lance, inclusive, a arbitragem anulou marcando, de maneira errada, um impedimento do atacante Coral. Com isso, a etapa inicial ficou no empate por 0 a 0.

Equipes falham nas finalizações e placar fica zerado

Para o segundo tempo, os dois técnicos resolveram manter as mesmas formações da etapa inicial. Com a bola rolando, as equipes voltaram se arriscando mais, com o Santa Cruz sendo mais presente no setor ofensivo. Porém, aos cinco minutos Júnior Viçosa puxou contra-ataque pelo lado direito, deixou a marcação para trás e cruzou para Anderson Leite cabecear para fora e perder uma grande chance.

Os tricolores por muito pouco não estiveram na frente do placar aos nove minutos, quando Marlon avançou pela esquerda e cruzou. A defesa rubro-negra parou e Luisinho apareceu livre na grande área, mas chegou atrasado e perdeu mais uma oportunidade. Querendo buscar a vitória, o técnico Marcelo Martelotte resolveu apostar na habilidade e velocidade de Raniel tirando o meia-atacante Daniel Costa.

Os sistemas ofensivos, principalmente do Santa Cruz, continuaram falhando bastante, mesmo com criações de jogadas, as finalizações eram péssimas e os goleiros sequer faziam defesas. Assim, os treinadores mudaram seus atacantes. A equipe da casa teve Juninho entrando no lugar de Júnior Viçosa, enquanto nos pernambucanos Bruno Moraes foi acionado para na vaga de Anderson Aquino.

O Atlético-GO resolveu arriscar no último minuto e quase abriu o placar com Willie, que chutou forte de fora da área, mas parou na grande defesa feita pelo goleiro Tiago Cardoso. Com isso, o confronto ficou no empate sem gols, muito por conta da falta de pontaria dos dois escretes.

VAVEL Logo