Marcelo Oliveira se mostra insatisfeito com atuações e pede equilíbrio contra Fluminense
Marcelo Oliveira durante partida no Pacaembu (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Após a derrota por 2 a 0 para o Sport neste sábado (24), no Pacaembu, o técnico Marcelo Oliveira se mostrou insatisfeito com a inconsistência da equipe do Palmeiras, que ainda não possui um time padrão. Para ele, são dois os motivos para essa irregularidade, as contusões que aconteceram muitas em um setor só e a troca de jogadores devido a baixa produção.

“Mesmo assim, o Palmeiras está disputando o G4 e para ir à final de um campeonato. Nós entendemos a insatisfação, também não estou satisfeito com o que está acontecendo, nem ninguém no Palmeiras”, completou o treinador.

O Verdão tinha a chance de entrar no G-4 do Campeonato Brasileiro neste sábado e devido ao empate do Santos, deve ficar na quarta colocação nesta rodada. Para o treinador, as quatro derrotas em cinco jogos se deve a falta de entrosamento.

“Acho que temos qualidade e comprometimento, todos trabalham muito e temos ambiente muito bom. Nunca disse que não tínhamos qualidade. Uma coisa é qualidade, a outra é o time”, analisou.

Para avançar à final da Copa do Brasil, o Palmeiras precisa de uma vitória por 1 a 0 em cima do Fluminense, na próxima quarta-feira, às 22h (horário de Brasília).  O técnico comentou sobre a necessidade de poupar jogadores e de precisar um equilíbrio maior durante a partida, para sair na frente do placar.

"Precisamos de um gol. O sentimento é esse, de primeiro fazer um gol, mas não podemos estar desequilibrados. A pressão que o Palmeiras faz no início já é natural no nosso estádio. Precisamos apertar o Fluminense no início, por isso que poupei alguns jogadores. Nesse jogo usei Zé Roberto, Dudu e Gabriel Jesus pela necessidade", finalizou o técnico.

VAVEL Logo