Pré-jogo: Desesperado Vasco recebe Grêmio para sair da lanterna

Neste domingo, às 17h no Maracanã, Vasco e Grêmio se enfrentam em partida válida pela 32º rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto os cariocas postulam na última colocação do torneio, com 29 pontos somados, o Tricolor aparece na terceira posição, com quase o dobro de pontos (55).

Apesar da situação complicada, o clima é de esperança no Cruz-Maltino. A equipe não perde há oito rodadas e está a apenas quatro pontos de sair da degola. O último revés foi no dia 9 de setembro, na derrota em casa para o Atlético Mineiro por 2 a 1. Para o confronto, Jorginho deve ter praticamente todos os titulares à disposição.

O mesmo não pode ser dito dos porto alegrenses. Para o cotejo de logo mais, entre outras ausências, Roger Machado não pode contar com Luan, artilheiro do time no Nacional. O embate é a chance da equipe se distanciar do Santos, que aparece na luta pela terceira colocação com 6 pontos a menos que os gaúchos.

No Vasco, atenção redobrada nos minutos finais

Em situação delicada na tabela de classificação, o Vasco deve ter uma atenção redobrada nos minutos finais da disputa deste domingo. Afinal, o Cruz-Maltino deixou escapar vitórias nos últimos três compromissos – Avaí, Chapecoense e São Paulo – por gols sofridos nos lances derradeiros.

O atacante Nenê mostrou frustação ao lembrar que a equipe “já poderia estar fora da zona de rebaixamento” não fossem as desatenções nos últimos três cotejos. “Até hoje ainda estou bravo quanto a isso”, afirmou o jogador.

O técnico Jorginho, por sua vez, fez uma projeção do duelo de logo mais. Em entrevista coletiva realizada na última sexta-feira, o comandante deu uma breve caracterização do adversário em tom de elogio.

“Nossa semana de preparação foi muito boa. O Grêmio é uma das equipes mais organizadas do futebol brasileiro, joga diferente, ocupa bem os espaços. É um time que busca o ataque e tenta não deixar o adversário jogar, mas é impossível manter a concentração o tempo todo”, avaliou.

Na sequência, o treinador destacou que os gaúchos irão buscar o triunfo, e que estes tipos de jogos, contra adversários que não vêm apenas com preocupações defensivas, “são os melhores".

“Trabalhamos nos últimos dias algumas situações e esperamos superá-los. Jogos como esse são os melhores. Jogar com um time fechado é difícil. O Grêmio virá em busca da vitória, mas o Vasco é uma grande equipe e irá em busca dos três pontos”, ponderou Jorginho.

Em relação ao time que vai a campo, a dúvida fica por conta de Jorge Henrique. O atacante pouco treinou durante a semana, poupado para realizar trabalhos musculares, e pode dar lugar a Rafael Silva. No treino da última sexta, no entanto, o jogador participou das atividades e saiu um pouco antes dos demais companheiros para seguir seu tratamento.

O lateral Júlio César, que faz trabalho de prevenção, não deve ser problema para o confronto, enquanto Éder Luís ainda se recupera de lesão e não fica à disposição.

Desfalques e dúvidas pelo lado gremista dificultam trabalhos

Para se consolidar no G-3 e afastar a ameaça do Santos, o Grêmio precisa vencer fora de casa, o que não ocorre há mais de um mês. A última vitória gremista longe de seus domínios foi no dia 16 de setembro. Na ocasião, a vítima foi o Atlético Paranaense, que, jogando no Couto Pereira, foi derrotado por 2 a 1.

Em contraste com o rival, o Mosqueteiro tem desfalques - importantes - para o embate no Maracanã. Suspenso, o zagueiro Pedro Geromel é ausência confirmada e dá a vaga para Rafael Thyere, que forma a dupla de zaga com Erazo. Outra ausência de peso é a de Luan. Com um edema na coxa direita, o atacante sequer foi relacionado para a partida. Ramiro e Edinho, que se recuperam de lesão, também não vão para o duelo.

Por outro lado, a equipe deve contar com o retorno de Marcelo Grohe. O goleiro ficou fora dos dois últimos compromissos gremistas em função de uma lesão no ombro direito, mas passou no teste de sexta-feira e viaja com o grupo para o Rio de Janeiro. Por precaução, outros dois arqueiros foram relacionados: Bruno Grassi e Léo. Caso Grohe não tenha condições de atuar, o primeiro assume o posto.

Substituto de Luan no ataque, Pedro Rocha foi questionado sobre a importância da volta do goleiro da Seleção ao time titular.

“O Marcelo é um cara que está há bastante tempo no Grêmio, é um cara muito experiente. É um grande jogador, tanto é que está na Seleção Brasileira. A volta dele vai ser importante para o grupo por conta da experiência", opinou.

Em outro momento, o garoto teceu um breve comentário sobre como deve ser a atitude do Tricolor frente à situação vascaína, afirmando que “o Vasco está numa situação complicada, vai querer jogar e a gente tem que saber aproveitar isso”. 

Em relação à saída de Luan e o ingresso de Pedro Rocha, o técnico Roger Machado afirmou que o segundo "é mais agudo, tem a vitória pessoal através da velocidade, vem ajustando o posicionamento defensivo".

"Acho que ele (Pedro Rocha) conseguiu incorporar o que tenho dito aos jogadores do lado. Que eles marcam o setor e não são marcadores de lateral. É importante estar sempre perto do gol. Se acompanhar o defensor vão pisar na linha de fundo. Ele finaliza bem, tem gana de gol, gosta de estar perto", encerrou o treinador.

VAVEL Logo