Flamengo confirma afastamento de Alan Patrick, Everton, Marcelo Cirino, Pará e Paulinho
Flamengo confirma afastamento de Alan Patrick, Everton, Marcelo Cirino, Pará e Paulinho

Reviravolta no ambiente do Flamengo. A diretoria rubro-negra convocou às pressas uma coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (28) para anunciar o afastamento - por tempo indeterminado - dos atletas Alan Patrick, Everton, Marcelo Cirino, Pará e Paulinho, além de uma multa sem valor revelado. 

Fred Luz, porta-voz do departamento de futebol do Flamengo na ocasião, foi o responsável por fazer o comunicado oficial na Gávea. O mandatário afirmou que os membros da diretoria estavam cientes dos eventos e convocaram os atletas para prestar esclarecimento.

"Estou falando em nome do departamento de futebol. Estamos diante de um fato público envolvendo cinco atletas em período decisivo do Brasileiro. Nós convocamos os atletas para ouvir suas considerações. Decidimos que serão multados e afastados por tempo indeterminado. Daqui para frente esse assunto será tratado internamente no Flamengo", afirmou.

A polêmica surgiu devido aos jogadores terem sido flagrados em uma festa particular após o treino da última terça-feira (27), numa casa no Recreio dos Bandeirantes.  Everton, Pará e Paulinho, por meio de uma nota oficial divulgada via assessoria de imprensa, comentaram sobre o caso.

"Fomos ao aniversário de um amigo nosso e não tinha prostituta, colchão, nada do que foi divulgado. Foi à tarde e ficamos 2h, 3h na festa. Se não podemos numa hora de lazer ir a um churrasco para espairecer fica difícil. O Flamengo briga pelo G-4, não pelo rebaixamento. O momento é complicado, mas não falta empenho. Ter a vida vigiada 24h é porque acabou o mundo. As pessoas precisam entender que empenho dentro de campo não faltou e não faltará".

O Flamengo vive um período difícil no Brasileirão. Amargando sequência de seis derrotas nos últimos sete jogos, vê suas chances de classificação à Copa Libertadores da América ficarem remotas. O clube ocupa a 10ª colocação com 44 pontos, seis a menos que o Santos, o último do G-4.

VAVEL Logo