Em ótima fase, Ricardo Oliveira tem marca impressionante em clássicos na temporada
Foto: Divulgação/Santos FC

O atacante Ricardo Oliveira não para de fazer gols. Com os dois anotados na última quarta-feira (28), contra o São Paulo, o centroavante santista já soma 35 na temporada, disparado o maior goleador do Brasil. Na hora dos jogos decisivos o veterano não se acanha, fazendo dos clássicos, o palco perfeito para suas excelentes atuações na temporada.

Marcar um gol é o momento máximo do futebol. Por mais que um drible encante, uma defesa espetacular tire o folego do torcedor, empurrar a bola pra rede é o que nos faz delirar. Quando o tento é feito em um clássico, ele é ainda mais comemorado. Em 2015, Ricardo Oliveira tem se mostrado decisivo nessas ocasiões, merecendo a alcunha de rei dos clássicos.

Na temporada, Ricardo Oliveira jogou 15 vezes contra os rivais Palmeiras, Corinthians e São Paulo. Deixou sua marca 12 vezes, o que lhe garante uma média impressionante de 0,8 gols por clássico, quase um por partida. Sua marca em clássicos é tão espetacular, que supera desempenho geral no ano, já que atuou por 57 vezes e marcou 35, lhe garantindo uma média de 0,6 gols por partida. 

Contra o Palmeiras, Ricardo Oliveira atuou quatro vezes em 2015. O primeiro duelo aconteceu na primeira fase do campeonato paulista e o atacante fez um golaço de cobertura, em cima de Fernando Prass. O centroavante voltaria a marcar no segundo jogo decisivo da final do paulistão, ajudando a garantir o título para a equipe Santista e de quebra, sendo o artilheiro da competição

Em clássicos, o Corinthians foi a segunda maior vítima do atacante santista. Em cinco partidas Ricardo Oliveira marcou três tentos. O detalhe é que em todos os jogos que o atacante fez gol contra o rival, o Santos não perdeu, sendo um empate e duas vitórias. A última delas na Arena Corinthians, na vitória por 2-1 do peixe, que valeu a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil.

São Paulo é de longe a maior vítima de Ricardo Oliveira. Em seis partidas, o atacante marcou sete gols, passando em branco em apenas um confronto diante do rival no ano. Os gols contra o São Paulo colocou o centroavante na história do Santos, já que se tornou o maior algoz do rival, com oito gols marcados, junto com o menino da vila dos anos 70, Juary.

O retrospecto do veterano em clássicos ganhará novos capítulos ainda em 2015, já que Ricardo Oliveira poderá enfrentar o Palmeiras outras três vezes. A primeira oportunidade será já neste domingo (01), pelo Campeonato Brasileiro. Após Santos e Palmeiras se garantirem na final da Copa do Brasil, o centroavante terá outras duas oportunidades de fazer valer a fama de rei dos clássicos em 2015.

VAVEL Logo